19 abr Internet

Susan Boyle e suas lições para a vida

Na semana passada, um vídeo virou febre na internet. Nós, do Dinheirama, gostamos de apanhar assuntos atuais e interpretá-los de forma a conectá-los ao mundo financeiro e econômico. Vejamos: o vídeo em questão foi durante um episódio do programa de talentos e calouros chamado “Britain’s got talent”. A grande estrela do programa, Susan Boyle, emocionou […]

por Ricardo Pereira
há 5 anos

Susan Boyle e suas lições para a vidaNa semana passada, um vídeo virou febre na internet. Nós, do Dinheirama, gostamos de apanhar assuntos atuais e interpretá-los de forma a conectá-los ao mundo financeiro e econômico. Vejamos: o vídeo em questão foi durante um episódio do programa de talentos e calouros chamado “Britain’s got talent”. A grande estrela do programa, Susan Boyle, emocionou a todos e já conta com fãs no mundo inteiro. A repercussão toda se deve ao fato de Susan Boyle não representar, definitivamente, nenhum estereótipo de sucesso e/ou beleza.

Além disso, algumas outras particularidades chamaram a atenção dos presentes e dos jurados: tem 47 anos, estava desempregada mal sabia comentar sobre sua cidade natal. Durante a conversa com os jurados que precede a apresentação, Boyle viu a cara de pouco caso feita pelos entrevistadores e enfrentou o sorriso de deboche da platéia ao comentar que seu sonho era ser uma cantora profissional e famosa como Elaine Page.

Quando Susan começou a cantar rapidamente todos perceberam que algo mágico estava prestes a acontecer. Sua voz ecoou como um bálsamo aos ouvidos, as pessoas arregalavam os olhos buscando uma interpretação para aquele som angelical. O que veio em seguida foi um show[bb] de voz e ritmo que deixou os jurados sem palavras. Boyle saiu do evento como uma verdadeira estrela.

A arte imita a vida
Quantos de nós nos encontramos em situações como a de Boyle e simplesmente baixamos a cabeça ao primeiro sinal de dificuldade. Dizemos não ao desafio. E é claro que todos nós sabemos que nada é fácil, nada vem de “mão beijada”. É preciso lutar. Aprendi que lutar com nossas limitações é um santo remédio para treinar e polir nossas qualidades – que, sem exceção, todos temos.

Às vezes, motivados pela vontade de acertar e recuperar o terreno perdido, falhamos, excedemos o que é justo ou aceitável. Faz parte. Neste momento, respire fundo e enfrente a platéia da vida, que sempre aponta o dedo para sua ferida e impõe obstáculos que parecem intransponíveis.

Quando lidamos com o dinheiro[bb], estamos lidando com o futuro. Quando enfrentamos os nossos medos e limitações, enfrentamos e construímos uma história, algo real que significará muitas vezes um recomeço – ou mesmo o verdadeiro começo. Quem jogou a toalha por ver que o objetivo era caro demais ou não cabia no bolso não soube planejar e fraquejou.

A educação financeira é a oportunidade que, quando absorvida e provocada, torna viável a realização de sonhos e objetivos. Transforma vidas, criando oportunidades reais. Se você quer fazer algo diferente no futuro, precisa construir isso hoje. Poupar e investir hoje. E quando a hora chegar, terá que acreditar e dar o passo adiante.

Deixe sua estrela brilhar
Aposte no seu futuro e vá a luta. Se você tem dívidas, encare-as de frente, negocie, brigue, esperneie e faça o que for necessário para resolver o problema. Assuma o papel de agente – afinal, você se endividou porque quis – e vá atrás de informação e conhecimento. E deixe a vergonha de lado: negocie.

Boyle enfrentou seus medos, suas dificuldades e hoje é uma celebridade mundial, que possui entre seus fãs astros e estrelas como Oprah Winfrey e Demi Moore. Você pode dar hoje os primeiros passos rumo ao sucesso e à sua independência. Você não sonha? Quer ser um grande cantor, um cineasta, um médico, um milionário?

Enfrente seus medos, encare a “platéia”, ria de si mesmo e siga em frente: busque a felicidade. É aquela história, que vez ou outra surge e nos dá um tapa na cara: “sim, eu posso, eu consigo”. Susan Boyle conseguiu. Coincidência? Sorte? Preparo? Paixão? Pois é, acredite no que quiser, mas ela não venceu por vencer. Ela merece seu sucesso[bb] porque teve coragem de enfrentá-lo.

Para terminar, que tal assistir à impressionante apresentação de Susan e ver os incrédulos jurados mordendo a língua? Impossível não se emocionar. Veja o vídeo no Youtube. Boa semana.

——
Ricardo Pereira é educador financeiro e palestrante credenciado pelo Instituto DiSOP, trabalhou no Banco de Investimentos Credit Suisse First Boston e edita a seção de Economia do Dinheirama.
Quem é Ricardo Pereira?
Leia todos os artigos escritos por Ricardo

Crédito da foto para stock.xchng.

Ricardo Pereira

Educador financeiro, palestrante, Sócio do Dinheirama é autor do livro "Dinheirama" (Blogbooks), trabalhou no Banco de Investimentos Credit Suisse First Boston e edita a seção de Economia do Dinheirama. No Twitter: @RicardoPereira

Leia todos os artigos de Ricardo Pereira
  • Matteo

    A cara de “não acredito” dos jurados e platéia foi a melhor…dei muita risada!

  • http://www.guiacorretoras.site40.net/ Eduardo Cunha

    Emocionante exemplo o desta mulher. E ela fica surpresa com cada “sim”.

    Bravo, Bravíssimo.

  • http://www.jeffersonbanks.com.br Jefferson Banks Miranda

    Realmente, foi uma lição a todos!
    Eu mesmo estava julgando o livro pela capa!!
    Como um dos jurados disse: Quando ela falou que queria ser como a Elaine Page, ninguém acreditou! Quando ela cantou! Ninguém mais riu!

  • http://www.escrevalolaescreva.blogspot.com Lola

    Obrigada pelo link! Finanças pessoais é um assunto importante pra mim e pretendo escrever mais sobre isso no meu blog.

  • http://www.ondeestaodinheiro.com.br/realizando-um-sonho-susan-boyle-legendado-em-portugues-pt-br.html Marcelo – Onde Está O Dinheiro

    O vídeo é realmente emocionante, a história de Susan é impressionante. Difícil acreditar que tanto talento tenha sido tão pouco valorizado em tantos anos de jornada. Mas enfim um sonho é realizado. Como diz a letra da música:

    “Eu tive um sonho que minha vida iria ser
    Tão diferente deste inferno que estou vivendo”

    Realmente espero que a vida dela se transforme muito, que ela venca o programa e tenha seu talento reconhecido e apreciado por milhões.

    Siga as dicas do Ricardo Pereira você também. Enfrente seus medos, encare a “platéia” e busque a felicidade. Faça por merecer o seu sucesso e conquiste sua independência financeira. Se precisar de uma ajuda, um caminho assiste esse vídeo e veja como você pode ganhar mais dinheiro.

    Atenciosamente,
    Marcelo Braun.

  • http://www.dinheirama.com Bruno Biscaia

    Ricardo, não havia visto o vídeo antes de ler o seu texto.
    Emocionante! A simplicidade e a força de vontade desta senhora me deixaram boquiaberto.

    E o seu texto, meu amigo, ficou digno de bons aplausos! Adorei a frase: Mereceu o seu sucesso, pois teve coragem de enfrentá-lo!

    Um grande abraço e Parabéns!

  • http://www.ladybugbrazil.com Lucia Freitas

    Inspirador, Ricardo. Muito. Obrigada pelo artigo.
    Abração

  • Vilas Boas

    Gostei também do vencedor do ano passado Paul Potts. São estorias incrives, que no inspiram a procurar sermos sempre melhores a cada dia!

  • Ewerton Ferreira

    O resumo para esse post é: “YES, I can!” :P

  • Carmen.

    Oi Ricardo, tudo bem?

    Pois é, a Suzan é mesmo fantástica e um grande exemplo a seguir.

    Como não poderia deixar de ser, sua história de vida, sua pobreza, sua figura desengonçada e quase grotesca, aliadas ao seu talento e enorme poder de penetração na mídia, despertou a atenção dos exploradores de plantão que estão vendo na moça humilde e completamente fora dos padrões em todos os sentidos, uma fonte de dólares.

    Onde já se viu uma pessoa tão feia e tão mal amada ter uma voz tão linda e não ser explorada? Suzan é autêntica, simples, franca, direta e afirma que nunca foi beijada.

    Tantas “qualidades”, aliadas ao seu jeito desengonçado fizeram surgir convites para Suzan perder a virgindade participando de um “filme para adultos”, com direito a escolher o parceiro…

    Fico aqui me perguntando que mundo é este em que vivemos e torcendo para que Suzan Boyle se mantenha fiel às suas convicções a despeito do milhão de dólares que estão oferecidos por sua dignidade.

    Parabéns pelo artigo.

  • Pingback: Achados na Web #47 » Ladybug Brasil - Sobrevôos, descobertas, achados.

  • ira

    50 anos ou mais,mas finalmente aparece novamente alguem que pode ser chamada de cantora.
    A midia faz e desfaz imagens de cantores ou cantoras,porem não faz ou tira a voz de alguem que realmente sabe cantar e tem o privilegio de ter uma voz melodiosa.
    SUSAN BOYLE ainda vai dar uma grande lição as pretenças cantoras de corpo,pois no caso dele,é a voz que canta

  • KAZUMO

    SUSAN BOYLE NO CONTO DE FADA
    A Patinha Feia surgiu no palco da tv de plateia cheia, nos lares muitos telexpectadores. Destoando muito dos demais candidatos, sonhando um sonho, para cantar I dreamed a dream. Figura patética, desajeitada, aparência física sem nenhum charme, solteira, 47 anos, etc. tendo como ídolo Elaine Paige, almejando ser uma cantora profissional.
    O público que não riu, sorriu com delicadeza silenciosamente.
    Quando ela soltou os primeiros acordes vocais, um sorrizo de aprovação aflorou na face dos que tinham bom ouvido musical. O juri e a plateia foi num crescente de aprovação, quando eles aplaudiram de pé ao fim da apresentação.
    A Patinha Feia começou a mostrar a penugem de CISNE, e quando ela foi sacramentada com louvor pelo juri, ela bateu os pés repetidamente no chão do palco em exultante e incontida alegria. A verdade do seu sucesso só avonteceu quando youtube lançou o video na Web. A boa noticia correu o mundo na velocidade da luz, mas a reação dos internautas tarda um pouco. O rastilho de pólvora já estava lançado na rede mundial da Web. Em poucos dias um verdadeiro tsunami em sequência de PG alcançava a cifra de muitos milhões. Na 3 semana alcançava a cifra de 60 milhões, e na 4 semana atingiu 100 ou mais milhões de viewers. Para que isto acontecesse as outra midias como rede de tv, jornais e revistas contribuiram em muito. AGORA ELA VOAVA ALTANEIRA, FEIA NA APARÊNCIA, MAS LINDA NO SEU CONTEUDO INTERNO DE ALGUÉM QUE SONHOU E ESTAVA COMEÇANDO A REALIZAR O SEU SONHO.
    Um parágrafo:-<<>>>.
    Cantoras famosas propuzeram a cantar em dueto, atrizes famosas também desejam representá-la em filme. Talvez venha ser um filme como a de Edith Piaf ou O vôo do Fênix. Tenho uma expectativa de que o seu dvd ou filme será ouvido ou visto por mihões de pessoas. Vamos aguardar porque muita água ainda vai correr sob a ponte.
    Uma frase mais:- ENTRE A ESSÊNCIA E APARÊNCIA PODE EXISTIR MUITA DIFERENÇA. Obrigado Suan Boyle pela emoção comovente que nos proporcionou, e pode estar certa de que mais de l00 milhões de beijos virtuais voce já recebeu do público que a viu.
    nota:- Sou investidor viciado nas ações por mais de 30 anos.

  • kazumo

    Hoje eu li em jornais e na internet que a Susan boyle já alcançou a cifra de 186 milhõed views na internet. É realmente fantástico os numeros que ela esta atingindo em menos de um mes. Se tudo o que as mídias vem falando sobre o futuro como cantora e filme da vida dela, certamente ela vai ter uma DINHEIRAMA de Euros ou dolares em futuro não muito distante porque ela merece.
    O inferno que ela viveu vai acabar.

  • Kazumo

    Susan Boyle e nova superstar. em astronomia nos chamamos que é uma estrela SUPERNOVA quando ocorre fenomeno desta naatureza. A supernova chega a brilhar mais do que a galaxia que a hospeda. MP3 ja foi vista ou ouvida mais de 3 milhões com 5 dias. O fato é fabuloso. Atras deste fenomeno deve esta provavelmente o dedo magico do mr.Simon. Business is business, não é?

  • Ana Todd

    Eu nao acredito que ela era infeliz, ela cuidava da mae doente com carinho, ela soube esperar a hora certa.
    Eu acredito que Suzan Boyle e autentica, madura e sabe o que e vedadeiramente importante pra ela, ela nao vai se vender por gloria, ela ja e um sucesso.

  • Leandro sanchywy

    Em todo âmbito visto daquele espetaculo. realmente não há palavras.
    foi uma apresentação de um anjo.
    realmente não só foi um presente para eles. mais tambem para nós

  • Nando Baltar

    Achei uma injustiça Suzan não ter ganhado o programa, pois sem sombra de dúvidas ela é uma estrela, talvez a maior de nossos tempos. Sua história de vida mudou a minha e a de muitas outras pessoas no mundo inteiro. Obrigado por existir Susan Boyle.

  • Antonio Corrêa

    Todo dias assisto a apresentação da Susan Boyle. Sou fã dela e tenho certeza que será sucesso mundial, como já é, mas, refiro-me em vendas de CDs. Ela merece e canta muito. É excepcional.

  • Maria Neta Sales de Almeida Morais

    Impressionante!!! Essa história!
    Me senti uma Suzan da vida, pois sempre fui muito pobre mas sonhava em cursar um a faculdade, tenho muita dificuldade com a questão de aparencia pois sou bem mais desajeitada que a Suzan, sei disso. Porem morava na roça pisava arroz no pilão, carregava agua na cabeçae muitas eram as dificuldades que enfrentava, só que o sonho de cursar em curso superior era a coisa que falava mais alto dentro do meu ser quanto pessoa. Foi quando tive a oportunidade de estudar atravez do proformação e concluir o ensino médio, ia para a cida a cada 15 dias nos finais de semana para os encontros pedagogicos em casa estudava a luz de lamparina feita por mim,para chegar a ciadade tinha que andar 25 km a cavalo e depois pegava o ônibus até a cidade de Confresa foi 2 anos de curso mas sonhava em fazer uma faculdade só que era coisa que era só sonho pois dinheiro não tinha sair da roça que jeito?
    morando lá falar em facudade era motivo de critica as esperanças só existiam aqui tentro de meu peito, até que um dia houve uma tragedia o meu marido sofreu um gráve acidenten foi queimado sofreu quiemadura de 3°grau tive que sair de lá e vim para aoutra cidade aqui mesmo no Mato Grosso hoje estou a 2 semanos do final da minha faculdade Faço Administração em Agronegócio pela UNEMAT Universidade do Estado do Mato Grosso e tenho ainda muitos sonhos a serem realizados mas esse era o meu sonho de maior realizaçãde de formação assim como Suzam

  • WALTER MANOCCHI

    Eu tambem sofri discriminções, não porser de cor, mas da minha pobresa,até meus 35 anos,porem nunca abaixeiminha cabe~ça e fui em frente. Tenho a maior certeza de que que discrimina ou faz pouco caso de alguem, por raça, cor,credo ou pobreza, pensando que é superior, essas pessoas no seu intimo, não passa de um imbecil e idiota, que não consegue ver o ser humano com respeito e dignidade, coisaque com certeza faltam a eles