Análise Gráfica - Figuras Gráficas BásicasA Análise Gráfica, também conhecida como análise técnica[bb], consiste no estudo dos preços e dos volumes negociados por uma dada ação. Todas as informações pertinentes para o estudo das ações estão representadas nos gráficos, na medida em que este traduz o comportamento de todos os agentes presentes no mercado, sejam os fundamentalistas, os insiders (que possuem informações privilegiadas), os grafistas ou mesmo os amadores, que compram e vendem sem critérios fundamentados. O artigo de hoje traz detalhes sobre figuras gráficas básicas.

As figuras são teoricamente divididas em continuidade e reversão, pois com maior freqüência elas resultam nessas ações. Porém, é recomendável aguardar a confirmação do rompimento para confirmar a continuidade ou reversão do preço do ativo. Vamos conhecer as figuras de acordo com sua característica.

Figuras de continuidade

Retângulo: formado por um nível de suporte e resistência. Veja um primeiro exemplo:

Retângulo - Análise Gráfica

No retângulo exemplificado abaixo há outro nível de suporte e resistência no interior do retângulo. Veja:

Retângulo - Análise Gráfica

Triangulo: formado por duas linhas de tendência onde o preço passa a rebater em seu interior, até romper para um dos lados. Veja um primeiro exemplo:

Triângulo - Análise Gráfica

No exemplo abaixo, podem ser vistos um retângulo que deu continuidade à sua tendência e alcançou seu objetivo, um triângulo descendente que deu continuidade à sua tendência e em seguida outro triângulo descendente que foi rompido contra a sua tendência (fato comum em se tratando de triângulos não simétricos):

Triângulo - Análise Gráfica

Bandeira/Flâmula: formadas por um mastro (que é a impulsão da tendência formada) e por uma área de formação lateral (momento em que há uma indefinição da continuidade da tendência). Veja um primeiro exemplo:

Bandeira/Flâmula - Análise Gráfica

Figuras de reversão

Ombro-Cabeça-Ombro (OCO): Em um movimento de alta, há a formação de um topo (ombro esquerdo) seguido por um topo mais alto (cabeça); após essa formação, há um enfraquecimento e a formação de um terceiro topo (ombro direito) abaixo do topo anterior e semelhante ao outro topo (ombro esquerdo). Abaixo desses três topos, há um suporte respeitado (reta pescoço) que, se rompido após o terceiro topo, dará inicio à consolidação da formação que alcançará o objetivo da amplitude do segundo topo (cabeça). Vale ressaltar que a formação apenas é confirmada com o rompimento da linha de pescoço. Veja:

Ombro-Cabeça-Ombro - Análise Gráfica

É comum o ombro direito ser o pullback da linha de tendência de alta (LTA) rompida, conforme ilustrado no gráfico abaixo:

Ombro-Cabeça-Ombro - Análise Gráfica

Topo Duplo: formação de dois topos consecutivos no mesmo nível, identificado pela letra M. A formação é confirmada após o rompimento do último fundo e o objetivo é calculado projetando para baixo a amplitude da última perna de alta, de forma que a formação seja simétrica com sua porção anterior. Veja:

Topo Duplo - Análise Gráfica

Fundo Duplo: formação de dois fundos consecutivos no mesmo nível, identificado pelo letra W. A formação é confirmada após rompimento do último topo e o objetivo é calculado projetando para cima a amplitude da última perna de baixa, de forma que a formação seja simétrica com sua porção anterior. Veja:

Fundo Duplo - Análise Gráfica

Em nosso próximo artigo seguiremos na apresentação da teoria da Análise Gráfica e apresentaremos as figuras gráficas mais avançadas. Até lá.

——
Leandro Martins é economista com MBA em finanças pela USP e FIPE e com mestrado em economia na Universidade de Grenoble (França). Profissional de Investimento certificado com o CNPI registrado pela CVM, fundador do site www.seuconsultorfinanceiro.com.br e autor do livro “Aprenda a Investir – Saiba Onde e Como Aplicar Seu Dinheiro” (Editora Atlas).

Crédito da foto para stock.xchng.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários