06 mai Finanças Pessoais

Como é calculada a cotação do dólar das faturas de cartão de crédito?

Qual a taxa utilizada para o dólar nas faturas de cartão de crédito? Dólar comercial, turismo, paralelo ou uma média? Como é feita a conversão e calculada a taxa?

por Conrado Navarro
há 3 anos

Como é calculada a cotação do dólar das faturas de cartão de crédito?Marinho comenta: “Navarro, depois de ler o didático artigo ‘Entendendo Dólar Comercial, Turismo e Paralelo’ captei a diferença nos tipos de cotações, mas ainda fiquei com uma dúvida: qual o dólar utilizado pelas instituições financeiras nas faturas de cartão de crédito? Recentemente utilizei dois cartões diferentes no exterior, no mesmo período, e o dólar de cada fatura veio bem diferente. Obrigado”.

Você fica de olho na cotação do dólar comercial, nos comentários dos especialistas em noticiários e sites especializados e percebe que a moeda americana está se desvalorizando. Então faz uso do dólar em compras no exterior com o cartão de crédito e é pego de surpresa quando a fatura chega: “ué, mas esse dólar usado aqui está mais caro que o encontrado nas cotações”. Pois é.

Não existe regra para o dólar das faturas
Como já sabemos, o mercado de câmbio é livre em nosso país, o que significa que as cotações (formação de preço da moeda) são alteradas de acordo com a oferta e a demanda pela moeda. Para resumir, quando há dólar demais na praça, ele passa a valer menos; quando a moeda estrangeira está em falta, seu preço sobre.

Importante salientar que a referência para as empresas de comércio exterior , bancos e varejo é o dólar comercial. No caso específico dos cartões de crédito e suas faturas, o valor utilizado pelos bancos e administradoras costuma ser a cotação do dólar comercial somada a uma margem de ganho (spread).

Infelizmente, as instituições financeiras não são obrigadas a detalhar este cálculo e, por isso, optam por não divulgar a fórmula usada para o cálculo da cotação utilizada na fatura do cartão. Em geral, os valores da moeda utilizados para conversão nas faturas se situam entre o dólar comercial e o dólar turismo, tendendo quase sempre para este último.

Como agem nossos bancos?
Em uma pesquisa, encontrei uma reportagem da Folha de S. Paulo de 25/04/2011 que mostra estas diferenças e divulga o cálculo do valor pelo Banco do Brasil (BB). De acordo com Denílson Molina, diretor de cartões do BB, a regra no banco é pegar a taxa Ptax (média do Banco Central) do dia anterior e cobrar mais 2%.

A matéria da Folha ainda averiguou as taxas cobradas pelas principais instituições financeiras brasileiras. Bradesco e American Express cobram valores bem próximos à cotação do dólar turismo. Santander e Banco do Brasil apresentam taxas intermediárias, quase na média entre as cotações comercial e turismo. Já a Caixa e o Itaú tinham as taxas mais próximas do valor cobrado pelo dólar comercial no dia anterior ao fechamento da fatura.

O que podemos fazer?
O texto esclareceu parte da dúvida sobre a cotação utilizada nas faturas, mas podemos (devemos) ir além: observe atentamente os valores de sua fatura para cada cartão de crédito e faça contato com a administradora e banco emissor para questionar os valores utilizados na cobrança. Assim você saberá que cartão é melhor para gastos no exterior e porquê.

Dinheirama Shop
Aproveite nossa promoção de lançamento, compre o meu livro “Vamos Falar De Dinheiro?” (Ed. Novatec) por R$ 34,90 e receba também um DVD com provocações sobre finanças pessoais, investimentos e educação financeira, um brinde e a possibilidade de ser sorteado para participar do curso on-line “Mercado à Vista de Ações”. O kit custa apenas R$ 34,90, o frete é grátis e você receberá o livro autografado em sua casa. Você pode pagar com boleto, cartão de crédito ou transferência usando PagSeguro, Pagamento Digital ou MoIP. Clique aqui para comprar!

Foto de sxc.hu.

Conrado Navarro

Educador financeiro, tem MBA em Finanças pela UNIFEI. Sócio-fundador do Dinheirama, autor dos livros "Dinheiro é um Santo Remédio" (Ed. Gente), “Vamos falar de dinheiro?” (Novatec) e "Dinheirama" (Blogbooks), autor do blog "Você Mais Rico" do Portal EXAME e colunista da Revista InfoMoney. No Twitter: @Navarro.

Leia todos os artigos de Conrado Navarro
Importante: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.
  • Anônimo
  • Adriana Spacca Olivares Rodopoulos

    Olha Navarro, como tenho apenas um cartão internacional, nunca iria saber dessas flutuações se não fosse o seu artigo!

    Aliás, para nós consumidores quanta coisa é omitida, não é mesmo. Nesse caso específico do cartão, bem que as agências de viagem poderiam dar uma mãozinha adicionando esse “detalhe” a um check list.

    Abraços.

  • Alan Turra

    Olá Navarro, muito legal seu blog, tive uma experiencia um tanto chata com o Santander, fiz uma compra o exterior, veio na fatura R$ 1,7400, liguei e me disseram que o banco trabalha com o dólar turismo na venda, mas nesse dia o dolar turismo na venda, estava em 1,6800, o que daria para fazer??

    Obrigado.

  • Cristiano Verdura

    Olá Navarro,
    Hoje eu também tive uma experiência desagradável com o banco Bradesco. Fui informado pelo SAC do banco que eles usam a maior cotação que o dólar atingiu na data do fechamento da fatura. Achei um absurdo e uma pratica nada respeitosa ao consumidor.

  • Nailza Henriques

    Caramba cara, que show isso aquiiiii
    Estava a buscar a cotação do dólar para hj e me deparo com essa maravilha…
    Fiquei sua fã e já curti no face
    Parabénssss

  • Vanilse

    Navarro, estou muito confusa, vou viajar pela primeira vez para o exterior e na minha cabeça a cotaçao do dolar utilizada para compras é a do dia da compra. Ai me disseram que a cotação utilizada é a da data do fechamento da fatura, e caso a cotação aumente entre o fechameto e a data de vencimento é cobrada a diferença na fatura seguinte. É verdade isso?

    • http://dinheirama.com/navarro Conrado Navarro

      Olá Vanilse,
      Isso mesmo, você entendeu corretamente. A cotação é a do fechamento e se houver variação o débito/crédito virá na fatura seguinte. Isso ai.
      Abraços.

      • Jo Hayes

        Não sei muito sobre finanças, mas uma verdade indubitável é: Os bancos NUNCA perdem!!!

  • Laerte Cassio Farinello Netto

    Navarro, acabei de entrar em contato com a Amex e, me informaram que a cotação utilizada é a do dia da compra!!!
    Será que eles me enganaram???!!!
    Abraços.

  • Fernando

    Oi, justamente o que eu estava procurando, na minha fatura o dolar no dia da compra estava em 1,77 sendo que no pagamento da fatura me cobraram 1,81 sendo que o dolar comercial não atigiu mais do que 1,78 no período até o fechamento !! Ou seja, foram cobrados 10 reais a mais na minha fatura e quando liguei para o banco me explicaram mais ou menos o que está no seu artigo. No mínimo a fatura deveria conter um detalhamento para explicar como o valor do dólar foi obtido e trazer pelo menos a cotação (nem isso consta na fatura do ITAÚ, consta apenas o valor total que temos que pagar a mais!).
    Esta evidente que é um processo proposital para enganar o consumidor e efetuar, não sei como o PROCON permite um absurdo desses!

  • Tiago Nascimento

    Olá, Fiz umas compras pelo ebay, atraves do cartão de credito credicard e eles me informaram que a cotação do dolar seria a do dia do fechamento da fatura.Esperei até o fechamento da fatura que fechou dia 02/12/2011 e o dolar no site do banco central estava de $ 1.78 e na fatura estava cobrando como 1,85.liguei pra o cradicard e eles me informaram que eles tem sua propria cotação!. Isso é um absurdo,isso pode?tentarei acionar o procon,acho que isso deve ser errado.

  • Fran

    O artigo falou, falou e não disse nada. Continuo com dúvidas.

    • http://dinheirama.com/ Conrado Navarro

      Olá Fran, obrigado por comentar. Eu li novamente o texto e acho que está bem simples, objetivo: a cotação usada não é fixada por ninguém e flutua entre a cotação comercial e turismo, podendo ser alterada pela administradora. Se isso não ficou claro, peço desculpas.

      Se quiser colocar aqui sua dúvida, fique à vontade. Assim podemos tentar ajudá-la. Abraços.

  • Isadoraduzzi

    hum dinheiro é bom

  • Thiago B

    Conrado, estou com um problema… O banco me cobrou na fatura do cartão o valor do dolar do dia do fechamento do cartão, ate ai tudo bem, mas agora, estão me cobrando difereça de dolar, alegando que minha fatura fechou dia 15 e o pagamento foi só no dia 30 (que é a data de vencimento do meu cartão)… Agora eles querem que eu pague a diferença alegando que a cotação do dia do pagamento estava maior do que no dia em que fecharam a fatura. É legal isso?

    • Tati

      Estou com o mesmo problema e tb gostaria de saber o que fazer.

  • Cassiomanoel

    Como auxilio a pergunta do Thiago B e Tati , sim , a administradora pode cobrar a diferença em fatura posterior… Conforme regra do BC os cartoes pelo fato de fechar a fatura com anterioridade ao pagamento , se ocorrer uma variacao do cambio(para cima) até sua liquidação, poderá cobrar a diferença ….. A questão é quando a cotação cai, daí o inverso não é verdadeiro, pois não lhe creditam a diferença…. Ok??

    • Cecilia

      Se a cotação do vencimento estiver menor que a cotação da data do corte da fatura é creditado a diferença de valor na fatura… o inverso é verdadeiro.

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • 100000110217934

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar…

  • Rubens

    Caramba, heim?… O cambio é LIVRE no país, administradoras de cartão de crédito cobram o que acham melhor, e mesmo assim ainda tem gente que fica aqui reclamando de 10 reais de diferença no valor total de uma fatura (quando teve dinheiro para viajar ao exterior) e ainda fica falando em PROCON “fazer alguma coisa”… Procon pra que, cacilda?… Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?…
    .
    Ô mania do brasileiro que acha que tem sempre que existir algum papai e mamãe (governo, procon, o que for) zelando pelas coisas que ELE, o mais interessado, nao faz, que é pesquisar antes de comprar/usar… Vamos aprender a ser consumidores mais responsaveis e conscientes, e parar com essa mania de jogar tudo pra cima dos outros.

    • Marcos

      Falou o cara que acha que no Brasil tudo é uma beleza, banco é honesto e não rouba dinheiro do povo.
      Fala sério Rubens, Se as administradoras têm sua própria cotação, de onde você vai saber a cotação quando a fatura fechar. Eles podem simplesmente subir 10% a mais na próxima fatura pois eles decidem o câmbio, Sendo assim, o consumidor não tem garantias de que o serviço utilizado no exterior será tarifado com a mesma flutuação do dolar comercial ou turismo.
      Já temos os cartões e taxas bancárias dos mais caros do mundo, As instituições financeiras simplesmente não se importam em roubar o cidadão. Pois o governo é conivente, se você acha que isso tudo é uma maravilha e no Brasil o responsável por tudo é o povo. Parabéns… Você é um belo de um reacionário.

    • Eduardo

      Caro Rubens, apesar de brasileiro, sempre pesquiso tudo direitinho, até porque tenho pouco dinheiro. A sacanagem é pagar um valor MUITO acima do câmbio que já é livre. Viajar não é privilégio, é lazer NECESSÁRIO, Principalmente para quem trabalha de 10 a 12 horas diárias para ganhar 3.000 reais. Atualmente estou pagando um câmbio de 2,56, sendo que a cotação é na faixa de 2,38 ou seja uma trolha de mais de 7% além do 6.38% de IOF ou seja o Dólar hoje custa para quem compra no cartão uns 14% 15% mais caro. Detalhe: quando programei a viajem o dólar não passava de 2,00 fazia muito tempo. Vou pagar, como todas as dívidas da minha vida, mas é no mínimo irritante. Sou consciente e responsável e é por isso que me enoja saber que os ministros de economia no Brasil não tem o menor pudor em sangrar a classe trabalhadora, a classe média mantendo a a desigualdade social em nível africano.

    • José Maciel

      “Por que o consumidor nao se informou ANTES sobre as taxas do cartão?” Será que é porque quando você pergunta eles não respondem e porque não tem regras claras para isso? hummmm…

  • 100004007703641

    pois é, mais o Santander me cobrou 2,8783 pelo dólar na cotação do dia 03/06/13 #chama a policia.

  • 100004007703641

    pois é, mais o Santander me cobrou 2,8783 pelo dólar na cotação do dia 03/06/13 #chama a policia.

  • 100004007703641

    pois é, mais o Santander me cobrou 2,8783 pelo dólar na cotação do dia 03/06/13 #chama a policia.

  • 100004007703641

    pois é, mais o Santander me cobrou 2,8783 pelo dólar na cotação do dia 03/06/13 #chama a policia.

  • 100004007703641

    pois é, mais o Santander me cobrou 2,8783 pelo dólar na cotação do dia 03/06/13 #chama a policia.

  • 522908103

    mesmo problema pessoal, 2,87 no santander, fui na agencia hj e liguei para o 0800 de la mesmo, depois de 45 min, abriram um procedimento para não pagar esse valor e agora vo paga o dólar turismo do dia 03/06/2013. mesmo assim acho abusivo esse valor.

  • 100001475531290

    Parece que o Itaú está me cobrando cerca de 4% em cima da cotação do dólar comercial. Não tenho a data base de cálculo, mas veio 2,23. O turismo está 2,22 neste momento, comercial 2,14.

  • 100002472337883

    Aguém ai sabe quaal a taxa do BB??

  • 100002472337883

    Aguém ai sabe quaal a taxa do BB??

  • 100000688019157

    Pois é paguei r$ 373,05 Reais de diferença de cotação. Cobraram me R$ 2,21 na cotação do dia 06 de junho de 2013. Dá vontade de ir ao Judiciário.

  • 100000688019157

    Pois é paguei r$ 373,05 Reais de diferença de cotação. Cobraram me R$ 2,21 na cotação do dia 06 de junho de 2013. Dá vontade de ir ao Judiciário.

  • Aline

    Além da cotação do dólar, cobra-se o IOF = 6,38% sobre o uso de cartão de crédito em moeda estrangeira.