14 mar Podcast Dinheirama

DinheiramaCast: Universitários, os bancos e o papel da educação financeira

Cada vez mais universitários aderem a planos bancários, cartões de crédito e cheque especial. Como abordar a educação financeira neste cenário?

por Conrado Navarro
há 3 anos

DinheiramaCast: Universitários, os bancos e o papel da educação financeiraÉ cada vez maior o número de jovens com a possibilidade de graduar-se e exercer uma profissão que exija formação em curso superior. Tal realidade coloca esses novos adultos diante da possibilidade de cuidar sozinhos do próprio dinheiro. Esse tema gerou uma entrevista bastante enriquecedora para o programa Conexão Itajubá, capitaneado pelo amigo Octavio Scofano e veiculado na Rádio Panorama FM 103,5. Muitos bancos e instituições financeiras oferecem produtos específicos para os universitários, mas será que estes sabem aproveitar da melhor forma tudo que lhes é oferecido?

Como sugestão dos próprios ouvintes, trarei para o Dinheirama as futuras entrevistas realizadas para o programa, que acontecem quinzenalmente, às terças-feiras, por volta de 11:30h. O arquivo será disponibilizado para download e também para assinatura pelo nosso podcast criado no iTunes, conforme instruções ao final deste post. Os leitores do Sul de Minas podem sintonizar a Panorama FM em 103,5 MHz e os demais podem acompanhar pelo site da rádio:www.radiopanoramafm.com.br

A entrevista aborda os seguintes temas:

  • A realidade dos produtos financeiros voltados aos universitários existe e é cada vez mais explorada. Crédito para mensalidades, cartões de crédito e cheque especial com limites menores que o de outras modalidades e isenção de tarifas são algumas vantagens oferecidas. Como lidar com essa realidade?
  • O que o jovem estudante deve levar em conta para manter seu planejamento financeiro em dia com suas aspirações e desejos de consumo?
  • O controle financeiro e o orçamento são ferramentas essenciais para que o universitário aproveite as facilidades oferecidas sem que elas o transformem em um adulto endividado;
  • A responsabilidade dos pais também existe nesta fase, já que é fundamental não só dar o exemplo, mas também caminhar lado a lado com jovem para ensinar-lhe os detalhes de cada operação;
  • Lidar com as frustrações faz parte do crescimento e do importante processo relacionado à educação financeira. Não vai ser possível satisfazer todos os desejos de consumo e o crédito não pode ser sempre a saída para tentar mudar essa realidade.

Ouça abaixo:

[powerpress]

Fique ligado e ouça sempre nosso conteúdo!
Para que possa receber todos os episódios sem problemas, assine nosso podcast através deste link (clique aqui). Se você gosta de ouvir aos podcasts em seu MP3 Player, iPod ou iTunes, assine o RSS direto dos arquivos via iTunes (Apple Store) clicando aqui ou pelo linkhttp://dinheirama.com/feed/podcast e receba os novos episódios automaticamente.

Obrigado e até a próxima. Crédito da foto para sxc.hu.

Conrado Navarro

Educador financeiro, tem MBA em Finanças pela UNIFEI. Sócio-fundador do Dinheirama, autor dos livros "Dinheiro é um Santo Remédio" (Ed. Gente), “Vamos falar de dinheiro?” (Novatec) e "Dinheirama" (Blogbooks), autor do blog "Você Mais Rico" do Portal EXAME e colunista da Revista InfoMoney. No Twitter: @Navarro.

Leia todos os artigos de Conrado Navarro
Importante: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.
  • Joseph Echelon

    Bom dia!!

    Muito se fala em Educação Financeira. Há muito devaneio em cima desta necessidade. Os Bancos fazem o básico com suas cartilhas bem escondidas em seus sites. A mídia impressa e de TV pouco ou nada fazem. O Governo parece que não tem interesse no assunto. Isso tem que ser plantado na formação das pessoas. Nas escolas principalmente. A cada dia que passa temos mais facilidade de acesso ao crédito. Porém esquecemos que esse dinheiro não é nosso. É de alguma Instituição Financeira e teremos que pagá-lo. Assim como há a Campanha contra o câncer tem que ter uma Campanha Nacional com todos envolvidos para divulgar o uso consciente do crédito. Tem que ser uma ação real. Sem hipocrisia. A inflação está aí cada vez mais forte. A bolha está crescendo. Só não vê quem não quer. É vital educarmos a população para que o comportamento de hoje não afete a economia no futuro.

    Abraço

    Joseph Echelon