Olá, leitor do Dinheirama! Uma pergunta inicial: qual é a sua relação com a bolsa de valores? Já fez algum investimento em ações, derivativos, contratos futuros ou qualquer outro tipo de operação neste ambiente?

Apesar de já existir há bons anos no Brasil, e hoje operar com tecnologia de ponta (estando entre as mais modernas no mundo em termos operacionais), a bolsa ainda é pouquíssimo explorada pela maioria dos investidores comuns: as pessoas físicas.

Muito disso é resultado da falta de vontade de querer aprender sobre finanças pessoais, visto que a informação hoje já não é um problema.

Lá mesmo, na corretora de valores onde trabalho, minha função principal é de ensinar as pessoas e realizar operações com elas ao vivo, durante todo o dia, no programa que dirijo. E tudo isso de forma gratuita para os clientes da corretora! Mais adiante volto a falar sobre isso.

Sobre a série de artigos Vencendo na Bolsa

Nesta série aqui no Dinheirama (portal que considero o melhor do Brasil quando os assuntos são as finanças pessoais), quero contar para você alguns fatos relevantes sobre a minha jornada na bolsa de valores. Minhas vitórias, derrotas, atalhos errados, caminhos vitoriosos, ferramentas, a importância do controle emocional, etc.

Uma breve introdução da minha história

Comecei na bolsa no meu primeiro ano na faculdade de economia em 1999, com apenas 18 anos. Meu pai havia falecido e eu precisava tomar conta das finanças da minha família. De lá para cá consegui entender a “mecânica” do mercado de ações, além de ter vivenciado muitas experiências com alunos e clientes pelas corretoras onde trabalhei.

No início eu acreditava que o mercado seguia as notícias e os fundamentos, mas depois de alguns anos descobri que a coisa era muito mais complexa do que imaginava. Depois de muitas escolhas erradas, encontrei nos gráficos as respostas que eu queria, e descobri que eu não precisava ter estudado matemática, macroeconomia e estatística, pois tudo que eu precisava estavam nos gráficos.

Em 2014, superei as carteiras recomendadas de todos os bancos e corretoras do Brasil no ranking das carteiras de ações. Em 2015, após 5 anos no mesmo local, fui trabalhar em outra corretora, que tem grande foco nas pessoas físicas (e eu adoro trabalhar com pessoas). Lá conseguimos repetir a melhor carteira recomendada!

Meu objetivo aqui é compartilhar também com você alguns pontos importantes do meu aprendizado e técnicas aplicadas para vencer na bolsa de valores.

Programa Ponto a Ponto: uma escola (gratuita) para quem quer operar na bolsa

Hoje eu comando diariamente um programa ao vivo, online, numa sala com mais de 500 investidores simultâneos conectados comigo ao longo do pregão da bolsa. Este programa é chamado de Ponto a Ponto, e é uma exclusividade da corretora Rico.com.vc. Lá ensinamos e compartilhamos experiências, todos juntos, a cada novo pregão.

O Ponto a Ponto é a maior sala online de investidores do Brasil. Em número de acessos não simultâneos, passam mais de 2500 investidores e traders ao longo de cada dia. Um ambiente realmente muito rico para troca de experiências e aprendizado prático.

Ali aplicamos os conceitos teóricos na prática, na vida real, em meio aos desafios e volatilidades da bolsa. Juntos temos conseguido vencer em um mercado cheio de armadilhas e tentações. É justamente um pouco de toda essa “expertise” adquirida que iremos compartilhar aqui nesta inédita série. Contarei coisas que muito provavelmente você nunca tenha lido ou ouvido sobre a bolsa de valores.

Dois convites antes de ir embora

Nas próximas semanas iniciaremos com alguns assuntos específicos sobre a bolsa de valores. Assim, tenho dois convites para você:

  1. Acompanhe nossos textos aqui no Dinheirama. Será um aprendizado poderoso e gratuito para você. Na era da informação, temos o desafio de “filtrar” os bons conteúdos. Aqui este trabalho será entregue pronto para você;
  2. Você não pode deixar de conhecer o programa Ponto a Ponto. Digo mais uma vez: é gratuito, mas é exclusivo para os clientes da corretora Rico.com.vc. Assim, para você assistir o programa, você precisa abrir sua conta no site da corretora (clique aqui), mas não precisa depositar nenhum dinheiro lá.

Apenas fazer seu cadastro já dá a você o direito de assistir diariamente o programa. O cadastro é feito 100% online, sendo necessário apenas que você envie algumas cópias digitalizadas de seus documentos. É bem mais simples e seguro que abrir uma conta num banco.

Aliás, eu recomendo que você assista muitos programas antes de partir para a prática. É exatamente este o objetivo da corretora. Ela ganha dinheiro com a corretagem das operações que você executa, independente se você acerta (lucra) ou erra (perde dinheiro).

Assim, temos interesse que você seja sempre vitorioso nas operações, pois assim todos ganhamos e geramos uma parceria virtuosa e duradoura. E para isso, investimos em fortes programas educacionais.

Te espero por aqui em nossos textos, e também lá na sala online do Ponto a Ponto, que começa todos os dias, às 9:30 da manhã! Um forte abraço!

Próximo artigo da série: Vencendo na Bolsa: minhas impressões sobre a análise fundamentalista

Nota: Esta coluna é mantida pela Rico.com.vc, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “businessman”, Shutterstock.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • Pedro

    Mais uma excelente iniciativa. Quem realmente sabe, tem prazer em compartilhar. Forte abraço grande Leandro.

  • Eduardo Becker

    Bacana, Leandro. Eu acompanho sua sala no Ponto e Ponto e ela realmente fez uma diferença fundamental no meu trabalho como trader. Há 3 meses eu mal sabia o que era um candle. Hoje, a partir dos conhecimentos adquiridos no Ponto a Ponto e, obviamente, muita dedicação pessoal e estudo, consigo ter uma performance bastante aceitável, num prazo absurdamente curto. Devo a maior parte deste sucesso ao Ponto a Ponto, que abriu as portas deste mundo maravilhoso. Serei eternamente grato.