O país está em crise e o mercado imobiliário sofre fortes impactos da economia. Como reagir neste momento? Comprar, alugar ou investir? Muitas são as dúvidas dos brasileiros, mas é fundamental ter calma e analisar bem a situação.

Caso a proposta seja comprar um imóvel para investir, é preciso entender que em um cenário de preços estagnados, como o de hoje, você deixará 18% na mesa em 18 meses, pois este é o retorno que teria aplicando no CDI durante esse período, por exemplo.

Mas se a dúvida é entre comprar à vista ou alugar, você precisa avaliar a dimensão pessoal e a dimensão matemática. Em primeiro lugar, você precisa decidir se gosta ou não de viver em imóveis alugados. Também precisará avaliar se tem disciplina para fazer uma boa aplicação.

Agora, se você não possui dinheiro para pagar à vista e está em dúvida entre financiar ou alugar, é bem provável que as contas sejam favoráveis à compra, pois com o aumento dos estoques e redução das vendas, a negociação fica favorável ao comprador.

Imóveis: alugar, financiar ou investir?

Porém repetimos, não há uma regra geral. Você precisa estar bem informado para então poder tomar suas próprias decisões, baseado naquilo que faz sentido para a sua realidade e momento de vida.

Nosso papel é te ajudar exatamente com a informação, pois quanto mais embasado você estiver, melhores decisões irá tomar.

Dessa forma, preparamos um relatório que trata destes importantes assuntos:

  • O cenário atual.
  • A oferta de imóveis.
  • Até quando isso irá durar?
  • Compro ou não compro para moradia?
  • E para investir?
  • Vale à pena alugar ao invés de comprar?
  • E se eu não tenho dinheiro?

Eles ajudarão você nas suas ações. O relatório é gratuito, e nele continuo a abordagem sobre imóveis. Para acessar, basta clicar aqui e seguir as instruções. Nem vamos nos despedir. Continuaremos lá a nossa conversa…

Nota: Esta coluna é mantida pelo Criando Riqueza, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “building”, Shutterstock.

Criando Riqueza
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários