Talvez você ainda esteja em férias, ou talvez, como nós da equipe Dinheirama, já esteja trabalhando à todo o vapor! Aqui já estamos acostumados a não parar, e amamos isso, pois amamos o que fazemos!

E como estão sendo seus primeiros dias de 2017? Firme nas resoluções de ano novo que você se propôs a realizar?!

Para alcançar uma meta definida para o ano, o melhor modo é desdobrá-la em metas mensais. Assim você poderá criar uma “sub-meta” para cada mês (ou etapas da meta, se preferir chamar assim), e com isso poderá avaliar melhor o cumprimento de cada parte do todo.

Repita o processo, agora dividindo a etapa mensal em etapas semanais, e vá monitorando dia a dia as pequenas tarefas que vão compor esse desdobramento semanal da “sub-meta”. Assim você cria o hábito de todos os dias avançar um pouco rumo ao atingimento da meta anual.

Aplicativo gratuito recomendado: Controle suas finanças na palma da mão com o Dinheirama Organizze

A meta que não pode faltar no seu 2017

De todas as metas que você já definiu para este Ano Novo, tem uma que não pode faltar, pois ela gera impactos em muitas outras: manter seu orçamento pessoal (ou familiar) em dia!

Como nosso amigo Giovanni Coutinho disse neste breve vídeo de 3 minutinhos, aprender a gastar e poupar do jeito certo são as coisas mais básicas dentro da educação financeira:

Com estes conceitos agora reavivados em sua mente, voltemos à questão do orçamento. É fundamental você manter o controle do quanto, quando e no quê você gasta o seu dinheiro (ou o dinheiro da família).

Somente um controle de orçamento irá mostrar isso. A tarefa é muito simples, mas precisa ser diária: registrar todos os seus gastos. Assim, no fim de cada semana você poderá avaliar como está seu equilíbrio financeiro, e no fim do mês, terá uma visão completa.

Se precisar fazer sobrar mais dinheiro (principalmente para investir e multiplicar seu patrimônio), basta verificar onde tem espaço para gastar menos. E se você chegar à conclusão que não há espaço para cortes, então não lhe resta outra alternativa a não ser buscar formas de gerar mais renda.

Tenha esse controle de gastos na palma da mão

Um dos grandes motivos das pessoas em geral falharem nesse registro de gastos é não ter como anotá-los no momento em que eles ocorrem. Falta um caderninho e não dá para abrir o notebook na rua para lançar direto na planilha do Excel.

Mas tem uma coisa que dá pra fazer em tempo real, e muito bem! Dá para registrar no aplicativo do celular, pois é mais provável você esquecer sua carteira em casa do que o seu smartphone. Esse já quase faz parte do seu corpo! 🙂

E claro, recomendamos que você utilize o aplicativo gratuito Dinheirama Organizze (clique aqui para saber mais) para atingir essas suas mini-metas diárias de controle de orçamento.

O Dinheirama Organizze é um aplicativo elegante, fácil de usar, com ícones e cores que facilitam a sua operação, de modo intuitivo. Ele permite que você crie categorias para seus gastos, e descreva os itens dentro de cada categoria.

Aproveite o início do ano para criar o hábito de controlar seus gastos

Além do aplicativo, você também pode acessar todos os seus registros via web, usando um computador, e extrair os dados, caso queira fazer um controle pessoal e diferenciado em ferramentas como o Excel.

Então, aproveite o início do ano para criar o hábito de controlar seus gastos! Repetimos: essa é uma meta que não pode faltar no seu 2017! Desejamos muito sucesso em todas as áreas da sua vida! Abraços da equipe Dinheirama!

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários