Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Selic: entenda como ela afeta a economia, o consumo e o (des)emprego

Se alguém te perguntar o que é Selic, o que você irá responder? Talvez algo como “é a taxa de juros do país”. Ok, mas o que isso significa? Como ela afeta a economia do país? Quem a controla, e por que esse controle é feito?

Entender um pouco sobre a taxa Selic é importante para você administrar suas finanças pessoais e compreender como ela se relaciona de forma direta e indireta com o seu bolso e com a economia de toda a nação.

Clique aqui para ler o texto completo

Os 10 textos do Dinheirama mais lidos e compartilhados em 2016

O ano de 2016 ficou para trás… Apesar das comemorações, o ano foi intenso e difícil para muitas pessoas, e cheio de más notícias (sob o ponto de vista econômico), que dificilmente irão deixar saudades…

E para os leitores do Dinheirama? O que mais chamou a atenção durante esse período de provações?

Fizemos um levantamento dos 10 textos mais compartilhados durante o ano de 2016. Convidamos você a relembrar os assuntos que despertaram a atenção dos leitores, como você!

Clique aqui para ler o texto completo

Pare com esse papo derrotista e faça a diferença hoje

Feliz 2017 amigo leitor! Como eu tenho falado, o “ano novo” é só o dia depois de 31 de dezembro, nada mais. É um fechamento de ciclo emocional, que friamente não se traduz em algo real, palpável.

Agora, não subestime a força dos “ciclos emocionais”, mas, não fique sentado achando que isso vai resolver algo em sua vida.

Clique aqui para ler o texto completo

O investimento-anjo é uma ótima oportunidade para startups e investidores

Se existe um negócio arriscado para se fazer com o seu dinheiro é se aventurar abrindo o seu negócio próprio. Os desafios são vastos: concorrência pesada, burocracia, riscos de toda espécie.

Ao contrário do cenário de glamourização do empreendedorismo, o que se tem desenhado atualmente é um trabalho muito árduo a ser realizado, pois trabalhar para si, quase sempre implica em uma entrega pessoal muito maior do que ter a carteira assinada.

Clique aqui para ler o texto completo

Entenda os mini contratos e aprenda como operar Mini Índice e Mini Dólar

Olá amigos! No artigo anterior apresentei à vocês os mini contratos, que realmente estão na moda e em alta nas corretoras. Expliquei os 5 principais motivos para isso, e se ainda não leu, recomendo que o faça clicando aqui.

Agora irei explicar em mais detalhes o que eles são.

Clique aqui para ler o texto completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários