Por Gustavo Chierighini, publisher da Plataforma Brasil Editorial.

Os resultados dos seus esforços começam a brotar. É a colheita se aproximando. Foram anos de trabalho árduo, sacrifícios, noites mal dormidas.

As pessoas duvidaram de você no primeiro momento; talvez você mesmo tenha duvidado (eventualmente não apenas no primeiro momento).

Você encarou riscos, a economia sempre instável e cheia de surpresas, enfrentou a burocracia brasileira.

Ebook gratuito recomendado: Freelancer – Liberdade com muito trabalho e resultados

Reputação dá trabalho

Você lutou. Sim, mas ainda não pode descansar – e possivelmente nunca poderá – caso decida manter a sua reputação em alta.

Não deixe a sua reputação diluir. Não se iluda, tudo vai conspirar para que ela seja diluída ao longo do tempo. Mantê-la dará muito trabalho. Mas vale a pena. Afinal de contas, reputação, assim como o tempo, também é dinheiro.

Seguem algumas dicas.

Fuja do “lugar comum”

Não se iluda, as pedras do caminho surgirão. Muito mais importante do que o batido blá, blá, blá sobre aprendizado e superação, entenda que desejar um lugar ao sol, exigirá preparo, capacidade e astúcia.

A marcha será de muitos quilômetros. Não se trata de uma corrida de cem metros;

Seja original, sem ser iludido

Saiba reproduzir de forma rentável e aplicável aquilo que de alguma forma já funciona. Mas aos poucos construa o seu espaço próprio, os seus conceitos, o seu produto, a sua distinção.

Palestras gratuitas recomendadas: Conrado Navarro e convidados falam sobre finanças pessoais e empreendedorismo

Cultive a sua personalidade

Saiba fugir do senso comum e não perca o sendo crítico. Contudo, contando com essa calibragem, seja convicto de seus argumentos e conceitos, tendo coragem de pensar por conta própria e defender leoninamente suas crenças.

Não se preocupe tanto em ser aceito ou com “narizes torcidos”. Esteja preparado para toda a descrença que originalmente surgirá ao seu redor.

Trabalhe com foco na realização

Significa em termos empresariais, construir algo que se sustente economicamente, mas sem afobação com os legítimos ganhos financeiros que deseja migrar para o seu bolso.

Não perca tempo com modismos de gestão

Desenvolva um estilo próprio, sem se importar com o aval de “especialistas”.

E caso conclua que em determinado momento ou estágio é necessário ser controlador e centralizador, simplesmente haja como tal e ponto final.

Fale menos e realize mais

O mundo está cheio de retóricos. De empreendedores de mesa de bar, de gente empolgada após a segunda dose. O duro e virtuoso é colocar a mão na massa numa segunda feira chata e chuvosa.

Leitura recomendada: Empreender é também exercer o poder de pensar

Seja um exemplo inquestionável

  1. Torne a qualidade do seu trabalho, serviço ou produto, em algo que ultrapasse a percepção comum.
  2. Cumpra compromissos com pontualidade. Quando o atraso for inevitável, atue com antecedência.
  3. Empenhe e cumpra a sua palavra vigorosamente, mas jamais minimize a importância de firmar isto em contratos ou outros instrumentos formais. Ninguém é obrigado a confiar em você, portanto compreenda a necessidade da segurança jurídica.
  4. Seja verdadeiro em relação a sua capacidades. Jamais prometa aquilo que não possa cumprir ou entregar. Ao mesmo tempo nunca deixe de expor a totalidade do seu potencial empresarial.
  5. Lute para ser sólido não apenas nas atitudes e na postura. Busque solidez financeira, por meio de uma gestão prudente e rigoroso controle.
  6. Construa uma cultura que valorize a precisão de informações, fugindo completamente das generalidades.
  7. Cobre o preço justo. Nem mais, e nem menos, do que realmente vale o seu serviço ou produto.
  8. Comunique-se sempre de forma clara, estruturada e simples.

Boa sorte e até o próximo.

Plataforma Brasil
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários