Cada vez mais brasileiros enxergam no empreendedorismo uma oportunidade de crescer sendo donos do próprio negócio, do próprio nariz.

Nessa onda muita gente se deslumbrou a partir do surgimento de personalidades midiáticas que passaram às pessoas a ideia de que empreender é algo relativamente fácil e que a partir de uma grande ideia seria muito fácil alcançar o sucesso.

Esse fenômeno, muito mais embasado em apresentações de power point do que em ações de planejamento ou pelo sucesso verdadeiro do empreendedor, ficou conhecido como empreendedorismo de palco, termo criado pelo amigo Ícaro de Carvallho.

A verdade é que empreender é sim uma grande oportunidade e claro, existem muitos bons exemplos de gente que alcançaram o sucesso.

Mas será que empreender é pra todo mundo? Ou, até, será que qualquer pessoa está disposta a pagar o preço, (comprometimento, esforço, risco, etc) para alcançar o sucesso empreendendo?

Revolução financeira: a sua chance de conhecer o verdadeiro empreendedorismo

Em nosso terceiro encontro do projeto Revolução Financeira (André Massaro, Conrado Navarro e eu), conversaremos afundo sobre empreendedorismo (Clique para participar).

Vamos abordar o que ninguém te conta sobre ter o próprio negócio e como descobrir se empreender é o melhor pra você.

Para participar desse bate-papo é muito simples e você não pagará nada por isso, basta acessar a página do Revolução Financeira (Clique agora para se inscrever) e fazer sua inscrição.

O bate-papo acontecerá na quarta-feira dia 01/03/2017 as 20h00 e você poderá acompanhar gratuitamente o papo pela internet (clique e participe).

O Brasil dos pequenos e médio negócios

Todos nós sabemos a importância dos pequenos e médios negócios no Brasil. Está claro que é fundamental para a economia que os empreendedores estejam de fato conscientes do seu papel e das responsabilidades.

Começar um negócio da forma certa com organização, planejamento e conhecendo as dificuldades da vida de um empreendedor é um enorme diferencial para quem deseja começar uma empresa.

Não perca a chance de conhecer a história de quem conseguiu empreender e construiu ao longo do tempo histórias de superação, com reveses e finalmente o sucesso. Faça agora sua inscrição e participe desse bate-papo.

Espero você em mais essa oportunidade. Até lá!

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • Marco Floriano

    Como empreendedor uma dica que me ajudou muito foi separar os seus ganhos dos ganhos da empresa. Seu padrão de vida não é o lucro da sua empresa.

    Administrar o fluxo de caixa é a lição que venho aprendendo nos últimos anos.

    E nos próximos anos espero começar a ser capaz de investir os lucros do negócio.

    A jornada é longa, nunca entre pensando em anos, entre no jogo pensando em décadas.

    Outra coisa que me ajudou muito a manter meu negócio vivo nos últimos 6 anos (um negócio 100% online) foi não ter dívidas.