Agora você confere as principais notícias de 17/03/2017, sexta-feira.

Bolsa passa por ajuste após forte ganho e cai 0,68%; dólar tem leve alta

O pregão desta quinta-feira (16) foi de ajustes no mercado financeiro doméstico após a forte alta da Bolsa e a queda acentuada do dólar na véspera.

Sem novos fatores que continuassem impulsionando os negócios, o Ibovespa encerrou em baixa de 0,68% aos 65mil pontos. O giro financeiro foi de R$ 7,6 bilhões.

Segundo operadores, investidores aproveitaram para embolsar os lucros e vender ações, depois que o índice subiu 2,37% nesta quarta-feira (15). A queda da Bolsa de Nova York e dos preços do petróleo no mercado internacional também pressionaram o Ibovespa.

A alta expressiva da sessão anterior foi causada pelo fato de o Fed (o banco central dos Estados Unidos) ter elevado os juros em 0,25 ponto percentual, conforme amplamente esperado pelo mercado.

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

Brasil cria empregos depois de 22 meses de retração do mercado de trabalho

O Brasil criou 35.612 empregos com carteira assinada em fevereiro, interrompendo 22 meses consecutivos de perdas de vagas segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O resultado ficou bem acima do projetado pelos analistas e representa o melhor dado para fevereiro desde 2009. No acumulado do ano, contudo, o País ainda tem recuo de 5.475 postos de trabalho.

eBook gratuito recomendado: Freelancer – Liberdade com muito trabalho e resultados

Estrangeiros levam 4 aeroportos em leilão com oferta de R$ 3,7 bilhões

O governo conseguiu leiloar, com ágio, os aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza em disputa realizada nesta quinta-feira (16). Todos os vencedores foram empresas europeias.

Com o leilão dos quatro empreendimentos, o governo vai receber à vista R$ 1,46 bilhão, a ser pago pelos vencedores na assinatura do contrato em agosto. O número equivale a um ágio de mais de 90% em relação aos R$ 750 milhões definidos pelo governo como lances mínimos para o leilão.

Esses lances mínimos representavam 25% do valor total da chamada outorga fixa, a ser paga ao longo do contrato de concessão, em parcelas anuais. Somados os outros 75%, o governo arrecadará R$ 3,7 bilhões durante os 30 anos de concessão —25 anos, no caso de Porto Alegre. O governo esperava arrecadar pelo menos R$ 3 bilhões com as outorgas, ou seja, sob este ponto de vista, o ágio equivale a 23%.

eBook gratuito recomendado: Do Endividamento ao Investimento

Meirelles afirma que Reforma da Previdência deve ser aprovada até maio

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quinta-feira (16), que apesar do descontentamento popular e dos protestos recentes no Brasil contra a reforma da Previdência, as conversas com partidos e no Congresso “estão indo bem” de acordo com ele. Já contando com a possibilidade de algum atraso o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, previu que a Reforma da Previdência será aprovada pela Câmara dos Deputados até maio – a expectativa inicial é que o aval dos parlamentares seja concedido em abril, mas ele já considerou a possibilidade de alguma necessidade de postergação.

A aprovação no Senado, conforme Meirelles, deve se dar no início do segundo semestre deste ano, considerando que se trata de uma casa com menos parlamentares e que, portanto, os trâmites tendem a ser mais rápidos.

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários