Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Zuckerberg está certo sobre a Renda Básica Universal

Dia 26 de maio de 2017. Cerimônia de graduação da Universidade Harvard. Mark Zuckerberg retornou à universidade para se formar 14 anos após ter abandonado o curso de ciência da computação para tocar o recém-lançado Facebook. A situação não deixaria de ser especial por si só, mas Mark fez um discurso diferente e que, de certa forma, me lembrou o de Bill Gates, em 2007. Dessa vez, surpreendeu alunos, professores, pais e o mundo todo com uma mensagem igualitária. Ele falou sobre possibilidades, um assunto importante e um tanto quanto político.

Na visão dele, não basta as pessoas terem vontade de realizar algo, empreender, investir num sonho. Todo mundo precisa ter possibilidades para lutar e encontrar um propósito de vida. “Possibilidade é aquele sentimento de que você é parte de algo maior do que você mesmo, que você é necessário e que você tem algo para o qual trabalhar. É o que cria felicidade real“, disse. Isso só é possível se todo cidadão tiver uma renda como apoio financeiro.

Clique aqui para ler o post completo

Fraudes no Brasil: nossas empresas precisam acordar para isso!

Em fevereiro deste ano, a Kroll publicou o seu Relatório Global de Fraude e Riscos 2016/17, resultado de uma pesquisa realizada com 545 executivos seniores em todo o mundo.

Alguns pontos desta pesquisa me chamaram atenção. Um deles é a constatação do que já sabia sobre o crescimento da incidência de fraudes de forma acentuada, onde 82% dos entrevistados relataram caso de fraude nos últimos 12 meses, contra 70% em 2013.

Clique aqui para ler o post completo

IPO do Carrefour Brasil promete agitar o Mercado: vale a pena investir?

O Carrefour Brasil deu recentemente a largada para uma oferta inicial de ações (IPO) no Brasil. O valor da oferta pode chegar a R$ 5,6 bilhões, naquele que pode ser o maior IPO desde abril de 2013.

Neste ano de 2016, tivemos o IPO da Azul, negociada pelo ticker AZUL4 as ações acumulam alta de apenas 6% desde então, com fraco desempenho.

Clique aqui para ler o post completo

Autoestima, Autoconhecimento e Suas contas: o que isso tem a ver?

De uns tempos para cá tenho me debruçado muito sobre a questão do autoconhecimento e da autoestima. Parece que apenas quando alguns anos se passam, experiências acontecem e muitos recomeços se tornam necessários é que realmente paramos para avaliar e realizar mudanças essenciais em nós, que tendem a definir todos os anos seguintes.

O primeiro ponto é a questão da autoestima. O quanto você verdadeiramente gosta de si mesma? O quanto você faz comparações descabidas entre o que é e os outros são, sentindo-se menor por não estar dentro de determinados padrões? E o quanto você deixa que outras pessoas lhe digam como deve ser, o que deve vestir, e etc. para se sentir bonita e aceita? Estas respostas são essenciais pois causam reflexos inimagináveis em diversas áreas de nossas vidas.

Clique aqui para ler o post completo

Atenção empreendedor: o ceticismo pode proteger o cofre de seu negócio

Caríssimo leitor, ao longo da minha trajetória profissional, tive o privilégio de vivenciar uma razoável diversidade de experiências e situações. Muita coisa aconteceu. Não faltaram fusões, aquisições, agudas reestruturações organizacionais e alguns naufrágios.

Ricas passagens, de onde acredito que o maior aprendizado, de longe, originou-se na complexidade do impacto humano nas organizações – o empreendedor geralmente não dá tanta atenção assim a esse aspecto.

Clique aqui para ler o post completo05

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários