Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Vídeos online: esse pode ser o próximo negócio da sua empresa

Segundo uma pesquisa da Accenture, empresa global de consultoria de gestão, tecnologia da informação e outsourcing, o Brasil é o segundo país do mundo com o maior número de visualizações em plataformas de vídeos, com mais de 11 bilhões de views mensais.

Esses dados comprovam que o segmento está em constante evolução, por isso, se você ainda estiver fora desse mercado é bom rever as estratégias da sua empresa.

Clique aqui para ler o post completo

Você sabe falar não? Quantos “nãos” você disse neste mês?

Provavelmente você começou o mês dizendo muito “sim” por aí, mas este texto é sobre conseguir falar “não”, algo que nascemos sabendo (pense nas crianças), mas que, ao longo do caminho, muitas vezes vai sendo esquecido.

Pode ser para amigos, para familiares, para conhecidos, para chefes, para vendedores de lojas. Existe um problema gravíssimo que ocorre quando dizemos “sim” para tudo, que pode estar relacionado à perda de tempo, de energia, de dinheiro ou até mesmo de planos futuros. Vamos falar um pouco mais sobre isso?

Clique aqui para ler o post completo

7 dicas para empreender com sucesso (mesmo na crise)

Desde 2010, o país não via um número tão grande de novos empreendedores como neste ano. De acordo com uma pesquisa do Serasa Experian, em janeiro de 2017 foram abertos 194.199 empreendimentos, número que representa um crescimento de 16,6% em relação a janeiro de 2016.

O chamado empreendedorismo de necessidade vem crescendo cada vez mais em decorrência do alto índice de desemprego no Brasil, que leva as pessoas a se aventurarem no mundo dos negócios em busca de uma nova fonte de renda.

Clique aqui para ler o post completo

Liderança: Como realizar uma reunião eficaz (e sem enrolação)

Uma vez que a natureza da reunião é tomar decisões, o líder precisa ter o menor número de pessoas possíveis presente. Convidar participantes por gentileza ou por causa do “título” é um erro. Quanto mais gente, maior a dificuldade para tomar as decisões e maior é o tempo despendido.

Reuniões eficientes devem ser breves! Muitas vezes, 5 minutos bastam para tomar uma decisão. Geralmente, entre quinze e trinta minutos resolvem. Reuniões trimestrais podem até durar mais, tipo duas horas, afinal, além das decisões, virão as apresentações de resultados e contextualização dos dados em relação ao tempo.

Clique aqui para ler o post completo

Aprenda a arte de fazer uma negociação bem-sucedida

Negociamos o tempo todo, mas, como estamos habituados a fazer tudo no automático, isso passa despercebido. Toda negociação pressupõe algum tipo de conflito, seja de valor, crença, ideias, percepção ou posição.

Quando todos concordam, não precisamos negociar, certo? Mas, se você acredita que o produto vale mil reais e eu acredito que vale 3 mil reais, então vamos iniciar um processo de negociação.

Clique aqui para ler o post completo

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários