Agora você confere as principais notícias de 11/08/2017, sexta-feira.

Lucro da Petrobras recua 14,6% no segundo trimestre e soma R$ 316 milhões

A Petrobras reportou lucro líquido de R$ 316 milhões no segundo trimestre deste ano, com queda de 14,6% ante lucro líquido de R$ 370 milhões no mesmo período de 2016 e declínio de 93% em relação ao ganho de R$ 4,449 bilhões nos três meses imediatamente anteriores, conforme os números atribuíveis aos acionistas.

A petroleira justificou em release de resultados que o lucro líquido do segundo trimestre permaneceu no mesmo patamar em relação a igual período de 2016, em função das menores margens de derivados e da diminuição do volume vendido.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da petroleira foi de R$ 19,094 bilhões, baixa de 6,6% em relação ao mesmo intervalo de 2016 e diminuição de 24% ante o primeiro trimestre deste ano.

Relatório grátis: É hora de comprar ações da Petrobras?

Bolsa cai 1% e dólar sobe após crise entre EUA e Coreia do Norte aumentar

O mercado financeiro refletiu nesta quinta-feira (10) a piora do humor internacional no terceiro dia de escalada da tensão entre Estados Unidos e Coreia do Norte, com o americano Donald Trump subindo o tom contra o regime norte-coreano e ameaçando retaliar o país asiático em caso de ataque.

No cenário doméstico, a discussão sobre a revisão da meta fiscal do governo também pesou sobre Bolsa e dólar.

O Ibovespa, índice que reúne as ações mais negociadas, caiu 1%, para 66.992 pontos.

O dólar comercial teve alta de 0,76%, para R$ 3,176. O dólar à vista, que fecha mais cedo, se valorizou 0,22%, para R$ 3,154.

Imperdível: 5 ações para comprar agora

Anúncio sobre mudança na meta fiscal fica para 2ª feira

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, o anúncio da revisão da meta fiscal para 2017 ficará para a próxima segunda-feira. A decisão do governo de tentar antecipar o anúncio de mudança na meta demonstrou mais uma vez a divisão dentro da equipe econômica sobre o “timing” da medida.

O governo pretende ampliar em R$ 20 bilhões o rombo previsto nas contas públicas tanto este ano quanto em 2018, conforme antecipou o ‘Estado’. Assim, o déficit primário deste ano, inicialmente previsto em R$ 139 bilhões, passaria a R$ 159 bilhões.  Já em 2018, o indicador iria de R$ 129 bilhões para R$ 149 bilhões.

eBook gratuito recomendado: Riqueza pessoal é possível

Fachin nega incluir presidente Temer em inquérito do ‘quadrilhão’ do PMDB

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), negou nesta quinta (10) a inclusão do presidente Michel Temer no inquérito que apura se deputados do PMDB formaram uma organização criminosa que atuou na Petrobras e na Caixa.

A decisão também vale para os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência).

O ministro atendeu a uma solicitação da defesa do presidente e negou pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República).

No despacho, Fachin afirma que os fatos pelos quais o presidente é suspeito já estão sendo investigados em outro inquérito, que deu origem à denúncia por corrupção passiva –suspensa pela Câmara na semana passada.

eBook gratuito recomendado: Freelancer – Liberdade com muito trabalho e resultados

Acompanhe o fechamento do mercado 10/08 com Alvaro Bandeira

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários