Chegamos a mais uma de nossas colunas semanais sobre mundo digital, tecnologia e empreendedorismo.

Nosso destaque é uma pesquisa que aponta que os jovens americanos estão cada vez mais ausentes do Facebook.

Jovens dos EUA trocam Facebook por Instagram e Snapchat

Pela primeira vez, os jovens americanos vão estar mais presentes no serviço de mensagens Snapchat do que no Facebook ou no Instagram, segundo estudo da consultoria eMarketer.

De acordo com o levantamento, o Snapchat (conhecido pelas mensagens efêmeras) vai ter 40,2 milhões de usuários que têm entre 12 e 24 anos —metade dos usuários do aplicativo neste ano estará nessa faixa de idade.

Ele vai superar o Facebook, com 38 milhões de usuários americanos ativos (que usam o serviço ao menos uma vez por mês), e o Instagram, que também pertence à empresa comandada por Mark Zuckerberg: 26,3 milhões.

O principal problema para o Facebook está na faixa de 12 a 17 anos, em que o número de usuários nos EUA deve cair 3,4% neste ano em relação a 2016, quando houve recuo de 1,2%, de acordo com a consultoria eMarketer.

Essa perda de espaço entre os mais jovens ajuda a explicar por que a rede social deve ter um crescimento modesto no número total de usuários nos EUA: 2,4%.

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

Samsung lança Galaxy Note 8 com precaução para bateria não explodir

O Galaxy Note 7 saiu do mercado antes do previsto no ano passado depois que dezenas de exemplares do smartphone da Samsung passaram por superaquecimento e explosões. Por isso, a empresa tomou precauções adicionais para garantir que o sucessor do Note 7 não enfrente problemas semelhantes.

O grupo sul-coreano Samsung anunciou o Galaxy Note 8 nesta quarta-feira (23) e apontou para muitas melhoras que os compradores esperam ver em seus smartphones, como mais velocidade e uma câmera melhor.

O novo modelo também apresenta uma importante diferença: é improvável que exploda.

A Samsung anunciou que a bateria do Note 8 passou por uma série de verificações de segurança. E, para proteção adicional, a empresa pela primeira vez recorreu a uma consultoria de segurança de produtos, a Underwriters Laboratories, para testes adicionais.

A Samsung também oferece melhoras mais usuais no Note 8, que deve chegar às lojas em 15 de setembro. Além de ser supostamente resistente a explosões, o aparelho também resiste a água e poeira. A caneta digital incluída para anotações é mais sensível a pressão e tem ponta mais fina.

Imperdível: 5 ações para comprar agora

Nubank vai usar geolocalização de smartphone para evitar fraudes

A startup brasileira de cartões de crédito Nubank vai começar a usar a localização do smartphone do usuário para prevenir transações fraudulentas. A novidade apareceu em uma atualização na política de privacidade da empresa nesta semana.

A partir de agora, o texto inclui a frase “dados de geolocalização que não permitam identificar o cliente individualmente podem ser compartilhados com eventuais provedores desse serviço”. É uma medida simples: como muita gente carrega o celular para onde quer que for, essa é uma forma fácil de saber se a compra foi feita no mesmo lugar que o cartão está sendo utilizado.

Segundo o Nubank “a empresa está sempre procurando maneiras de simplificar e melhorar a experiência com o aplicativo”. Além disso, a empresa diz que quer tornar as compras mais seguras, bem como “conhecer melhor o perfil de uso dos clientes para ajustar limites no futuro”.

A startup brasileira não é a primeira a fazer isso: no exterior, as bandeiras de cartão Visa e MasterCard já usam sistemas semelhantes com seus aplicativos. A assessoria da Visa disse que a função ainda não está disponível no Brasil.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários