Agora você confere as principais notícias de 10/09/2017, domingo.

Furacão Irma faz 6,3 milhões abandonarem suas casas nos EUA

Ao menos 6,3 milhões de pessoas foram orientadas a deixar áreas costeiras da Flórida e da Geórgia para fugir da fúria do Furacão Irma, que ganhou força nas últimas horas deve atingir os Estados Unidos  na madrugada deste domingo (10). É a maior retirada em massa da história do país em razão de um evento climático. Um quarto da população da Flórida tem de sair de casa.

“Acontecerão flutuações de intensidade nos próximos dois dias, mas acreditamos que Irma continuará sendo um furacão poderoso enquanto se aproxima da Flórida”, advertiu o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Na rota da tempestade estão as Flórida Keys – conjunto de pequenas ilhas a sudoeste de Miami – e a cidade de Tampa. As primeiras chuvas já são sentidas nas ilhas neste sábado. A turística Miami Beach estava como uma cidade fantasma. O olho do furacão não deve atingir a cidade de Miami, mas ela sentirá os grandes efeitos do ciclone.

O governador da Flórida, Rick Scott, fez um último apelo às pessoas que ainda hesitavam em deixar a área na mira do furacão. “Se você planeja sair e não o fizer até a noite de hoje, você está por sua conta e risco”, disse.

“Acontecerão flutuações de intensidade, mas acreditamos que o Irma continuará sendo um furacão poderoso enquanto se aproxima da Flórida”, advertiu o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

Imperdível: Invista agora em CDB do Banco Indusval com 120% do CDI na Modalmais. Clique e aproveite a oferta!

Joesley põe passaporte à disposição do STF e pede audiência com Fachin

Os advogados de Joesley Batista, sócio e delator da JBS, e Ricardo Saud, outro colaborador, colocaram os passaportes dos clientes à disposição do Supremo Tribunal Federal (STF) e pediram para eles serem ouvidos pelo ministro Edson Fachin.

A medida foi tomada no fim da noite de sexta (8) após a divulgação da informação de que o procurador-geral, Rodrigo Janot, pediu a prisão de Joesley, de Ricardo Saud, também delator e da JBS, e do ex-procurador Marcelo Miller. A defesa de Miller prepara petição de teor semelhante, que deve ser protocolada no Supremo ainda no dia de sábado (9).

“Ambos desde já deixam à disposição seus passaportes, aproveitando para informar que se colocam à disposição para comparecerem a todos os atos processuais para prestar esclarecimentos, da mesma forma com que têm colaborado com a Justiça até o presente momento”, diz petição assinada pelos advogados Pierpaolo Bottini e Ana Fernanda Delosso.

Relatório grátis: É hora de comprar ações da Petrobras?

Para Meirelles, é hora de avançar com as reformas

Aproveitando o cenário de indicadores bem mais positivos para a economia divulgados nos últimos dias, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avaliou ontem que o Brasil está pronto para seguir com a agenda de reformas. A prioridade agora da equipe econômica é a reforma da Previdência.

Em mensagens postadas ontem na sua conta na rede social Twitter, o ministro confirmou que o Ministério da Fazenda vai rever as projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2018 e 2019. Em 2017, ele já havia admitido que seria possível subir de 0,5% para um patamar entre 0,7% e 1,0%.

Meirelles antecipou que a economia vai crescer a um ritmo de 3,0% em 2018 e poderá crescer “mais ainda” em 2019, como informou ontem o Estadão/Broadcast. A previsão da equipe econômica, segundo fonte do governo, é de o PIB entrar 2019 com um crescimento de 3,5%.

Descubra: LCI e LCA, ainda dá para investir?

Fachin envia denúncia de Dilma, Lula e Mercadante para primeira instância

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), enviou denúncia contra os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff e o ex-ministro Aloizio Mercadante para a primeira instância do Distrito Federal.

O caso é referente a apuração do crime de obstrução de Justiça envolvendo a nomeação de Lula para a Casa Civil ainda no governo Dilma.

Na última quarta-feira (6), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou os petistas e, na mesma peça, pediu o arquivamento das suspeitas contra o ministro Marcelo Navarro, do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Ao decidir sobre o caso, Fachin acatou o pedido de Janot sobre Navarro. Por esse motivo, o ministro entendeu que não há mais motivos para que o processo fique no STF, já que não existem outros detentores de foro na Corte neste inquérito.

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

 

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários