Dois anos é um tempo relativamente curto para grandes transformações. Quando pensamos em mercado financeiro, esse tempo é mais curto ainda. No dia 01 de outubro de 2017, a modalmais completou exatamente dois anos, com muito a comemorar.

A corretora começou suas atividades quando o mercado financeiro brasileiro vivia o auge das incertezas, com as crises política e econômica assolando seriamente o país. De lá para cá, muita coisa se transformou e a economia brasileira começa a apresentar sinais de recuperação.

Os números impressionam: Em 2016, a modalmais trabalhava com 15.000 clientes cadastrados, em 2017 já são 65.000 e as projeções da corretora mostram que até o final do ano esse número chegará a 100.000.

O patrimônio sob gestão deu um salto. A evolução em um ano foi de 10 vezes, saindo de R$ 400 milhões, no final de 2016, para aproximadamente R$ 4 bilhões.

A corretora fechou o ano de 2016 como 20ª corretora no ranking da BM&F, em 2017 aparece na terceira colocação.

A modalmais se tornou a principal corretora para traders do mercado e também é responsável por organizar o Trader Experience, o maior evento de traders da América Latina.

Para falar sobre esses números espantosos, convidamos para uma entrevista Rodrigo Puga, Sócio-Diretor de Home Broker no Banco Modal e CEO da Modal DTVM.

O Puga é um dos profissionais mais respeitados do mercado financeiro brasileiro. Ele e seus sócios estão construindo uma história de sucesso, com foco na excelência no atendimento, investimento em tecnologia de ponta, valorização da equipe e formação dos investidores através da educação financeira. Acompanhe nossa conversa:

Puga, fale um pouco sobre o crescimento da corretora nesses dois primeiros anos de existência

Rodrigo Puga: A modalmais foi lançada em 01 de outubro de 2015, com uma meta inicial de conquistar 2.400 clientes até o final do ano de 2016.

Em janeiro de 2016 já tínhamos superado a meta proposta até o final do ano e durante o ano continuamos crescendo exponencialmente. Completamos o primeiro ano de vida com mais de 9 mil clientes, fechando o ano de 2016 com 15 mil clientes.

Agora, com a modalmais completando dois anos chegamos próximos ao número de 65 mil clientes. Muito desse crescimento foi uma combinação da experiência que nossa equipe já tinha no mercado de home broker que foi absorvida pela modalmais junto ao investimento constante em tecnologia e desenvolvimento do produto com o timing.

O curioso foi que quando lançamos a modalmais, muitos achavam que éramos loucos, afinal o momento era de crise e muitas corretoras estavam fechando as portas.

Nós olhamos para frente e enxergamos um cenário diferente: uma plataforma com todos os produtos de renda fixa, renda variável, Tesouro Direto nos daria os melhores produtos para qualquer momento, inclusive para aquele período.

No lançamento, o foco foi renda fixa por conta do cenário econômico e político do momento (juros lá em cima), além da incerteza enorme do lado político.

Quando percebemos que o impeachment ganhava fôlego, viramos a chave para a bolsa, investindo mais nas possibilidades que começavam a ficar mais evidentes em renda variável. É claro que não deixamos de manter a tração em renda fixa, continuando a crescer bastante.

A volatilidade daquele período era enorme e com os investimentos que fizemos conseguimos atrair os traders que percebiam naquele momento uma oportunidade enorme de ganhar dinheiro no intraday.

Os números impressionam. Olhando para o pouco tempo de vida da corretora, o que você acredita ter sido responsável por tamanho sucesso?

 R.P.: Acredito que foi a justamente a combinação de  investimento no produto e também em tecnologia.

Foi importante ter ao nosso lado durante o período de incerteza uma instituição sólida: o Banco Modal conta com R$ 400 milhões de patrimônio e mais de R$ 500 milhões em caixa – isso foi fundamental e até hoje continua sendo, pois a solidez de uma instituição financeira é muito importante.

E, finalmente, um fator primordial foi o preço. Oferecemos preço justo para os clientes que ainda gozavam de tecnologia de ponta, instituição financeira sólida e conteúdo. Um dos nossos sócios, o Alvaro Bandeira, sempre desenvolveu conteúdo de muita qualidade para o investidor.

Uma outra questão que no nosso ponto de vista foi e continua sendo fundamental é que a modalmais tem no seu DNA o fato de ser a única corretora que se dispõe a ouvir de verdade seus clientes. Levamos ao pé da letra nossa missão de não medir esforços para que todos os clientes sejam bem-sucedidos.

Fazemos questão de estar muito próximo dos clientes, ouvindo-os o tempo todo para entender as necessidades de forma que tudo quem mencionamos nesta entrevista (nossos investimentos em produto, serviços e tecnologia) tenha um direcionamento que é justamente atender a necessidade do cliente.

A modalmais rapidamente se posicionou e ganhou o respeito do público trader. Como você enxerga daqui para a frente o posicionamento da modalmais?

 R.P.: É importante dizer que o trader é o cliente mais exigente que existe. Esse é o cliente que mais consome tecnologia, velocidade e agilidade. Por tamanha exigência, nossa “barra de qualidade” vai lá pra cima: quando conseguimos oferecer um serviço de excelência para o trader, nós garantimos qualidade para todos os clientes.

O futuro da modalmais passa por estar muito próximo dos clientes, entender cada vez mais as necessidades de todo esse público (não só trader), mas também pelo foco na renda fixa e nas ferramentas necessárias para transformar o cliente em um investidor de sucesso.

Dito isso, temos feito uma série de melhorias. Contratamos, nos últimos três meses, cerca de 50 pessoas para continuarmos crescendo e atendendo cada vez mais e melhor nossos clientes.

Estamos ampliando nossa oferta de produtos para atender os clientes que estão deixando os bancos (por conta dos ajustes para baixo na taxa de juros) e que buscam produtos com maior rentabilidade, inicialmente de renda fixa.

Até junho de 2017, tínhamos apenas produtos modal, mas hoje a plataforma está mais completa: temos modal e mais 15 instituições financeiras disponíveis em nossa plataforma, então os clientes podem comprar CDB e LCI/LCA de vários bancos e financeiras diretamente conosco.

Acreditamos que haverá um volume considerável de clientes que buscará opções com possibilidade de maior rentabilidade (saindo da renda fixa), como fundos multimercados e de ações, por isso também ampliamos a oferta desse tipo de produto; hoje temos mais de 40 fundos em nossa plataforma.

O investimento é constante naquilo que o cliente necessita e trabalhamos para sempre atender os anseios dos investidores. Por conta disso, estamos nos preparando para ocupar um espaço físico que será o dobro do atual e nosso planejamento já prevê para o próximo ano a contratação de mais 140 pessoas.

Equipe Modalmais

Equipe modalmais

Nesse momento de recuperação econômica, é notório que as pessoas começam a buscar oportunidades de investir. Os brasileiros ainda têm pouco conhecimento em educação financeira e mesmo para investir não conhece os produtos. A modalmais vai investir no educacional e na formação dos seus investidores?

R.P.: Resposta curta: sim, muito! Resposta um pouco mais completa: nossa visão é de que muitas pessoas começarão a perceber que com os juros caindo, será necessário buscar opções de investimento que oferecerão maior rentabilidade.

Para se ter uma ideia, cerca de 60 milhões de pessoas ainda possuem investimento em caderneta de poupança. Essas pessoas começarão a perceber que no atual cenário e com a nova regra da rentabilidade da poupança será indispensável buscar alternativas.

Mesmo quem investe hoje no Banco em uma “renda fixa padrão”, com rentabilidade de cerca de 80% do CDI, não tem muito conhecimento das alternativas fora da instituição.

Nosso desafio é “pegar na mão desse cliente”, que só ouviu falar, mas não tem o conhecimento necessário para investir em produtos que sejam realmente interessantes, e ajudá-lo no processo de rentabilizar melhor seu dinheiro.

Precisamos ajudar os clientes a entenderem os produtos de uma forma simples para que ele comece a observar com mais atenção as opções que existem no mercado. Por conta desse desafio, estamos investindo pesado em educação.

Em breve teremos muitos vídeos e conteúdo de todo tipo para explicar e ajudar todo tipo de cliente.

Vamos ter material para quem passa por um período de ajustes e ainda não consegue permanecer no azul para investir, vamos explicar todos os tipos de produtos, além de também detalhar opções de investimentos diferentes até para aqueles que tem o perfil de investir através de robôs com algoritmos, por exemplo.

Nosso desejo é sempre oferecer o melhor para cada tipo de perfil, por isso vamos mostrar aos clientes todas as possibilidades e mostrar o produto mais rentável dentro do perfil dela.

Em 2017, a modalmais aumentou suas parcerias estratégicas (temos a honra de fazer parte deste grupo). Também percebemos a chegada de profissionais de peso e com histórico de sucesso no mercado. Quais os objetivos desse incremento na estrutura e também dos novos parceiros?

 R.P.: O objetivo é 100% alinhado com a ideia de educar os clientes e levar a educação financeira de forma inteligente para nossos clientes. Para isso, buscamos a união com os melhores do mercado.

Fizemos a parceria com vocês, do Dinheirama, que são formadores de opinião já há muitos anos no mercado e extremamente capacitados para levar e transmitir esse conhecimento de educação financeira.

Também realizamos uma parceria com a Nathalia Arcuri, do Canal Me Poupe (Youtube), para seguir por uma linha educacional de levar o conhecimento de forma simples, falando a linguagem que qualquer pessoa (de qualquer idade) possa entender, com bom humor e profundidade ao mesmo tempo.

Olhando o momento atual, está claro que os desafios são enormes, mas ao mesmo tempo as oportunidades são fantásticas. Quais os próximos projetos da modalmais?

 R.P.: Não posso contar muito ainda (risos). Em termos de produto, temos muita coisa nova saindo.

Para o trader será disponibilizada uma série de plataforma novas. Para o investidor de renda fixa e fundos, continuaremos ampliando fortemente a oferta de produtos; queremos chegar ao final do ano com mais 100 possibilidades de investimento em fundos e vamos ampliar de uma forma geral a gama de produtos em renda fixa.

Olhando para dentro, estamos crescendo muito e naturalmente temos as dores do crescimento. Observamos com muito carinho a necessidade de atender muito bem as pessoas, com rapidez, por isso estamos contratando com uma frequência muito grande.

Neste momento, temos cerca de 20 vagas em aberto. Queremos dar cada vez mais o melhor atendimento para nosso cliente, certamente essa é minha maior preocupação. Vamos ter muita coisa interessante e voltaremos para contar os detalhes em primeira mão aqui no Dinheirama.

Puga, muito obrigado pela entrevista. Por favor deixe uma mensagem final para o leitor do Dinheirama que procura os principais motivos para abrir sua conta na modalmais.

 R.P.: Primeiro, reitero que ouvimos os clientes e queremos estar cada vez mais próximos. Eu pessoalmente participo de grupos em redes sociais, aplicativos como whatsapp e Telegram.

Faço questão de que os clientes tenham o contato diretamente comigo, acredito que isso faz uma diferença enorme e mostra nossa disposição de ouvir e levar em conta a opinião valiosa de nossos clientes.

Outro aspecto que merece atenção é a nossa disposição de investir cada vez mais em tecnologia e também em pessoas para oferecer o melhor atendimento para os clientes.

Nós somos a corretora que mais investe em produção de conteúdo de finanças e investimentos, tanto internamente com o Alvaro Bandeira e com o Vinicius Fuzikawa, como através dos parceiros como o Dinheirama e a Nathalia Arcuri (Me Poupe).

Isso coloca a Modal como o lugar o ideal para o cliente que ainda tem pouco conhecimento de finanças e pretende buscar novas possibilidades de investimentos. Posso garantir que na modalmais você encontrará a melhor educação financeira do Brasil.

Nós temos certeza que esse conhecimento é fundamental para o cliente, pois ao contrário do que muita gente fala, não é fácil ganhar dinheiro no mercado financeiro; para isso acontecer, é fundamental estudar, saber o está fazendo e conhecer os riscos que está correndo.

Nós nos preocupamos muito com isso. Nós realmente queremos que o cliente tenha a possibilidade real de ganhar dinheiro investindo bem, pois nós da modalmais queremos esse cliente com a gente a vida inteira.

Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários