É natural que quando começamos a pensar e investir em educação financeira, façamos uma série de planos para o futuro para tentar organizar um caminho e algumas metas que façam sentido dentro dele.

O problema é que, muitas vezes, pensamos tanto no futuro que acabamos esquecendo que a única coisa que efetivamente temos em nossas mãos é o presente, o agora. E, sinceramente, cuidamos muito mal do dia de hoje.

Pare e pense em tudo que você fez hoje. Como muitos de nós, você deve ter acordado, tomado café, talvez tenha lido as notícias ou feito algum exercício físico, conversou com algum familiar, brincou com o cachorro, com os filhos e… para tudo!

eBook gratuito recomendado: Riqueza pessoal é possível

Espera aí! Seja sincero: o quanto todas essas coisas foram feitas no automático? O quanto você efetivamente estava presente em cada um desses momentos? Fez porque tinha que fazer ou havia conexão entre os afazeres e seus propósitos (e seu futuro).

Resolvi falar sobre o presente porque dele depende todo o restante de coisas que nos importam na vida, inclusive nossos sonhos que envolvem dinheiro (objetos, claro, mas também a independência financeira).

Nós gastamos um tempo precioso tentando lembrar (e esquecer) do passado ou imaginando eventuais acontecimentos futuros. Como seres sensoriais que somos, pensar em um futuro abstrato não nos dá a motivação necessária para mudar as atitudes hoje.

É como se nossa mente estivesse em uma constante viagem. Em vez de simplesmente pararmos para avaliar o que devemos aprender ou o que precisamos colocar em ação em cada momento, costumamos divagar.

Na prática, não conseguimos nos concentrar no agora e precisamos fazer um esforço imenso para que o tempo simplesmente não passe. A conclusão óbvia? Não aproveitamos os momentos e oportunidades como poderíamos.

Aproveite! Relatório gratuito do Tesouro Direto com os melhores títulos para você!

Foco no que precisa ser feito

Certa vez, um acadêmico, professor de MBA de uma faculdade conhecida, foi questionado por um dos alunos sobre o seu segredo para dar conta de tantas coisas na vida.

“Professor, o senhor dá aulas todos os dias, é consultor em uma empresa, atende todos os pedidos de entrevista da Imprensa, além disso é pai, avô, marido… como consegue dar conta de forma satisfatória?”, indagou o curioso aluno.

Ele respondeu o seguinte: “Meu segredo não é segredo na verdade. O que procuro fazer é estar muito presente em cada uma das minhas atividades. Se estou dando aulas, estou concentrado apenas nas aulas. Se estou prestando consultoria, estou concentrado na consultoria e não em um problema familiar. E se estou com minha família, não fico me lembrando de questões relacionadas às aulas”.

Parece simples, não é mesmo? Você consegue fazer isso? Pois é, agir dessa forma requer muita atitude e compromisso.

No livro “O poder do Agora”, Eckhart Tolle diz uma frase assim: “Seja qual for o conteúdo do momento presente, aceite-o como se você o tivesse escolhido. Sempre trabalhe com ele, não contra ele. Torne-o seu amigo e aliado, não seu inimigo. Isso vai milagrosamente transformar toda a sua vida”.

E você? Tem aceitado o seu momento presente para trabalhar em cima dele as mudanças que quer para a sua vida? Ou só está gastando tempo lamentando pelo que não tem?

Ferramenta recomendada: Super planilha para seu controle financeiro

Viva o presente!

Falei sobre a importância de se estar inteiro em cada momento, certo? Agora vamos fazer um exercício de análise do nosso presente.

  • Como anda a sua vida agora?
  • O que estaria em uma lista de coisas e pessoas mais importantes e o que ainda te faz falta? O que ainda precisa ser conquistado?
  • E do ponto de vista financeiro? Como andam as suas contas?
  • Para onde tem ido o seu dinheiro e o que precisa ser modificado imediatamente para que você consiga chegar aonde quer?

Uma vez que você comece a entender a importância do momento presente, também será capaz de focar sua energia para as finanças. Hoje.

Considere que todo o seu comportamento financeiro de hoje irá pautar a sua vida financeira de amanhã. Já parou para pensar no quanto tem gasto com bobagens? No quanto tem adiado fazer um investimento importante?

O presente também reúne o medo do sucesso (e do fracasso) no futuro. Quanto você tem medo de se comprometer e fazer aquele curso que você gostaria tanto e que te proporcionaria um bom aumento?

Por que tudo isso? Será medo ou falta de consciência de que o tempo passa rápido demais? Acredite, começar hoje é sempre a melhor opção para colher os frutos amanhã, não importa o quão difícil seja. Essa afirmação soa como um baita clichê, mas não há outra forma de ser tão claro.

eBook gratuito recomendado: Do Endividamento ao Investimento

E como começar?

Que tal fazer uma lista de coisas que você já conquistou no passado e que tiveram de ser iniciadas um dia e priorizadas em todos os outros para que funcionassem?

Pode ser que hoje você saiba falar inglês porque um dia, lá atrás, você começou o aprendizado e não o abandonou ao longo dos anos.

Pode ser também que hoje você tenha dinheiro guardado porque um dia, lá atrás, resolveu que era melhor poupar parte do que entrava no mês no lugar de gastar tudo.

E pode ser também que você não tenha feito nada disso, então, no lugar de fazer a lista do que já conseguiu para inspirá-lo, faça uma lista de coisas a serem iniciadas imediatamente.

Pode ser que você não saiba nadar, mas garanto que se começar a enfrentar este medo hoje, amanhã já estará sabendo. Eu passei 35 anos da minha vida com pânico de água, não sabendo nadar e resistindo à piscina. Hoje sou capaz de realizar uma prova de triatlo, cujo natação acontece no mar.

Talvez você não saiba uma palavra de francês, mas se resolver se aventurar no campo do idioma a partir de agora, muito em breve já estará se comunicando. E talvez a sua vida financeira não esteja lá grandes coisas porque até agora você não lhe deu a devida atenção.

eBook gratuito recomendado: Como falar sobre dinheiro com o seu filho

Conclusão

O que quero deixar claro aqui é que nunca é tarde para dar o seu melhor. Ah, sim, será tarde se você tiver consciência do que precisa ser feito e mesmo assim não começar, não agir.

Faça do momento presente um aliado e concentre-se nele, afinal de contas, ele é a única coisa que você tem de certo para ter um futuro feliz, tranquilo e rico (inclusive financeiramente). O presente é a lição de educação financeira mais importante. Conte comigo!

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • Simone Flor

    Fantástico Conrado!

  • José Antonio

    Como sempre os artigos seus são de uma consciência brilhante e nos ajudam a melhorar cada vez mais.Já fui muito beneficiado por vocês do Dinheirama e já pratico o que você propôs.Assim mesmo obrigado meu amigo.

  • Conrado,

    Excelente artigo!
    O livro “O poder do agora” foi um dos melhores que li até hoje.
    Gostei da história do professor de MBA. Se estivermos focados no que estamos fazendo no momento, a produtividade aumenta muito.

    Falando em foco, acredito que o mindfulness seja uma ferramenta muito importante.

    Vejam meu post sobre o assunto no meu blog. O título é Mindfulness, é só colocar na caixa de pesquisa.

    Abraços