Olá amigo leitor, tudo bem? Chegou mais um Top5 Dinheirama. Como você já sabe, todo início de semana, publicamos uma seleção com o resumo dos cinco artigos mais lidos, comentados e compartilhados da semana anterior.

A ideia é lhe oferecer um panorama das preferências de outros leitores do Dinheirama e reunir os artigos de forma a oferecer um começo de semana mais proveitoso.

Os artigos mais lidos na semana passada foram:

Dinheirama Entrevista: Rodrigo Puga, CEO da modalmais

Dois anos é um tempo relativamente curto para grandes transformações. Quando pensamos em mercado financeiro, esse tempo é mais curto ainda. No dia 01 de outubro de 2017, a modalmais completou exatamente dois anos, com muito a comemorar.

A corretora começou suas atividades quando o mercado financeiro brasileiro vivia o auge das incertezas, com as crises política e econômica assolando seriamente o país. De lá para cá, muita coisa se transformou e a economia brasileira começa a apresentar sinais de recuperação.

Clique aqui para ler o post completo

Tenha Disciplina Financeira e conquiste um “nome limpo” no mercado”

A disciplina financeira dentre outras benécias, permite que você tenha um nome limpo no mercado e isso por si só já vale qualquer esforço.

Fator determinante para o sucesso de qualquer profissional, a disciplina financeira deveria ser ensinada como matéria obrigatória nas escolas. Vale observar que muitos profissionais de renome e habilidades diversas, terminam suas carreiras em situação financeira difícil, amargando a necessidade de ajuda e boa vontade de parentes e amigos, pelo simples fato de não possuírem um mínimo de conhecimento sobre o assunto.

Clique aqui para ler o post completo

O agora é a única coisa que você tem: concentre-se nisso!

É natural que quando começamos a pensar e investir em educação financeira, façamos uma série de planos para o futuro para tentar organizar um caminho e algumas metas que façam sentido dentro dele.

O problema é que, muitas vezes, pensamos tanto no futuro que acabamos esquecendo que a única coisa que efetivamente temos em nossas mãos é o presente, o agora. E, sinceramente, cuidamos muito mal do dia de hoje.

Clique aqui para ler o post completo

Economia: luz no fim do túnel pode ser um trem que vai nos amassar

Nos últimos meses, a economia brasileira começou a mostrar alguma recuperação em muitos fundamentos, e isso tem sido alardeado com vigor por membros do governo Temer. Vale ressaltar que a melhora sé da quando analisado o curto prazo, partindo de base comparativa muito fraca.

O setor externo já mostra grande recuperação por força da balança comercial forte, basicamente pela exportação de produtos agropecuários e pela fragilidade de nossas importações. No acumulado até setembro, o superávit está em US$ 53,3 bilhões. O déficit em conta corrente até agosto de US$ 3,0 bilhões é baixo e é amplamente coberto pelo investimento direto no país, que soma nos oito meses de 2017, US$ 45,5 bilhões.

Clique aqui para ler o post completo

Viajar: uma ótima forma de ver que a vida não precisa ser tão quadradinha

Volta e meia falamos sobre como a riqueza é relativa, afinal, o que é importante para mim pode não ser para você e vice-versa. Eu, por exemplo, sempre considerei viajar uma parte importante da minha vida, e durante uns bons anos isso foi prioridade. Sim, prioridade, porque para fazer isso eu abri mão de muitas outras coisas. E é claro que o fato de ter namorado um europeu também colaborou, pois volta e meia precisava me ausentar e as viagens também faziam parte de uma certa rotina, que é algo muito comum para eles.

Hoje, acredito que é preciso haver um bom equilíbrio entre o que conquistamos materialmente e o que experimentamos, entendendo que muitas vezes as experiências nos deixam mais ricos do que as coisas, mas que, no final, ter alguma segurança financeira também é algo importante e é preciso estar preparado para as reviravoltas da vida. Ou seja, nem muito lá, nem muito cá. Este é o desafio!

Clique aqui para ler o post completo

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários