Agora você confere as principais notícias de 12/11/2017, domingo.

Coreia do Norte acusa Trump de implorar por guerra durante viagem à Ásia

A Coreia do Norte disse neste sábado (11), que a primeira viagem do presidente dos EUA, Donald Trump, à Ásia mostrou que ele é um “destruidor” e pediu por uma guerra na península coreana.

“Trump, durante sua visita, revelou sua verdadeira natureza como destruidor da paz e estabilidade mundiais e implorou por uma guerra nuclear na península coreana”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em um comunicado divulgado pela agência estatal de notícias KCNA.

O líder americano avisou Pyongyang na quarta-feira 8 para não subestimar os EUA quando realizou sua visita à Coreia do Sul.

O porta-voz norte-coreano disse que nada impediria os norte-coreanos de prosseguirem com seu programa de armas nucleares.

As advertências do presidente americano “nunca poderão nos atemorizar, nem frear nossos avanços”, garantiu o assessor, segundo a KCNA. “Pelo contrário, nos estimulam a acelerar os esforços para a grande causa, que consiste em chegar a uma força nuclear nacional.”

Aproveite! Relatório gratuito do Tesouro Direto com os melhores títulos para você!

Aliados dizem que, se for aclamado, Alckmin assume o PSDB

O governador Geraldo Alckmin já admite a aliados que está disposto a assumir a presidência do PSDB se for aclamado pelas diversas correntes do partido. Ele não se apresentará para a disputa, só para o consenso. Marconi Perillo (GO) avisou que abriria mão de sua candidatura em favor do paulista. O grupo de Tasso Jereissati (CE) não transparece posição tão sólida. Diz que “pode” aderir, desde que Alckmin adote as bandeiras hoje encarnadas pelo cearense –e que dividem a sigla.

A senha para a convergência em torno do governador de São Paulo foi dada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, no texto que ele publicou nesta sexta (10).

Logo depois de participar da convenção estadual do PSDB no Ceará, onde pregou a separação do “joio do trigo” e acusou Aécio Neves (MG) de fisiologismo, Tasso embarcou para o exterior. Ficará dez dias fora.

eBook gratuito recomendado: O novo aposentado

Inflação oficial tem menor taxa acumulada de janeiro a outubro desde 1998

O aumento nas contas de luz e gás de botijão pressionaram a inflação em outubro, mas o cenário permanece benigno para os preços na economia. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acelerou de 0,16% em setembro para 0,42% no último mês.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa acumulada no ano, de 2,21%, foi a mais baixa para o período de janeiro a outubro desde 1998. Segundo especialistas, o desempenho corrobora as expectativas de que o Banco Central mantenha o ciclo de cortes na taxa básica de juros, apesar das incertezas sobre a reforma da Previdência.

“Se isso continuar se repetindo, se a inflação continuar nessa toada boa e a atividade seguir não muito robusta, abre a janela para que o Banco Central talvez se anime um pouco mais quanto à inflação. O que está em jogo é se a porta continuará aberta, se a Selic vai parar em 7,0%, ou se cairá mais em fevereiro. Para dezembro, o BC tem deixado claro que juro vai a 7,0%”, afirmou o economista Daniel Gomes da Silva, do Modal Asset Management.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários