Somos o que pensamos e também tudo aquilo de que nos alimentamos, sejam alimentos para o corpo, sejam alimentos para a alma ou para a mente. Escolher tudo que nos alimenta é algo muito individual, porém, extremamente necessário para que consigamos a energia necessária para conquistar tudo que queremos.

Desta vez vamos refletir um pouco sobre as notícias que têm nos alimentado: Que tipo de conteúdo consumimos? Quanto tempo passamos em sites de entretenimento inútil? Estamos alimentando nossas mentes com notícias que acrescentam ou apenas nos sugam? Está na hora de parar e pensar nisso, pois pode fazer grande diferença nos próximos dias!

Tinha uma amiga que vivia reclamando que, ao chegar em casa, o pai estava sempre sentado em frente à TV vendo programas cheios de violência. “Não aguento mais”, ela dizia. “Todos os dias ele passa horas vendo crimes, chacinas, notícias ruins. Depois tem medo até de sair de casa”. Pois é, aposto que você conhece muita gente que se nutre deste tipo de coisa. Assim como se nutre de notícias negativas o tempo todo, fofocas que não levam a nada, e etc. Vamos fazer uma reflexão: para onde este tipo de notícia leva?

Mundo real: qual o seu foco?

Não se trata de fechar os olhos para o mundo real, mas podemos escolher qual a quantidade de atenção que queremos dar a cada coisa para não prejudicar nosso caminho e nosso foco.

Quem consome o tempo todo notícias e entretenimento ruim e sem nada a acrescentar, certamente está perdendo um tempo valioso que poderia usar para aprender, para se melhorar, para se qualificar, entende? Além disso, passa a viver com medo, tem pouco repertório para conversar sobre coisas mais importantes, e mostra o tempo todo para a mente que a vida é apenas aquilo. Vamos mudar o foco?

Notícias ruins: te frustram e fecham a mente

Outro ponto importante é que, quando nos deixamos bombardear por notícias ruins, negativas, mesmo com relação à economia por exemplo, é natural que sintamos uma espécie de “falta de esperança” de que as coisas melhorem.

No lugar de irmos atrás de alternativas, ficamos prostrados esperando algo acontecer, afinal, “o jornal mostra que não tem jeito mesmo”. Mas veja bem, quantas pessoas não conseguem usar a criatividade somada à coragem para conseguir vencer momentos difíceis? Quantos doentes trabalham tão positivamente a mente que conseguem resultados incríveis? Quantos negócios não nascem exatamente em épocas problemáticas e de crise porque era necessário agir e arrumar soluções no lugar de chorar as pitangas? É isso que precisamos fazer, portanto, se você estiver no sofá ou na frente do computador prostrado e dando atenção ao que não merece, comece já a fazer diferente!

Como mudar a minha frequência?

Uma terapeuta que conheço costuma dizer que muitas vezes é preciso que a gente finja estar em uma espécie de “bolha”. Isso serve para situações nas quais você não tem muito controle. Vamos supor que a família toda não queira deixar de consumir certos conteúdos e nem partir rumo ao autodesenvolvimento. Neste caso, faça sua parte e mude sua frequência.

Você não é obrigado a alimentar-se constantemente de coisas ruins apenas porque os outros o fazem, entende? Mude sua própria frequência, escolha o que consumir, prefira a coragem e a criatividade no lugar do comodismo e do medo.

Melhore a sua sintonia

Tenho três dicas para você começar já a mudar a sintonia e escolher direito o tipo de notícia que te alimenta. Comece a colocá-las já em prática e estou certa que daqui a alguns meses você já sentirá diferença tanto no modo de ver a vida quanto da forma de agir para conseguir os resultados que quer.

  1. Chega de desgraça – A primeira dica é abandonar ou pelo menos diminuir a quantidade de tempo a que você se expõe a conteúdos violentos ou negativos. Não é preciso fechar os olhos para a realidade como já disse antes, mas a vida não é apenas o que estes conteúdos mostram, e quando somos contaminados por esta energia o tempo todo, tendemos a deixar de acreditar na realização de planos, sonhos, e ficamos estagnados já que “o mundo é ruim e nada tem jeito”. Faça sua parte para melhorar tudo ao redor. Não se contamine!
  2. Faça fofoca reversa – Os programas de TV e a grande maioria dos portais de internet estão lotados de fofocas de todos os tipos. Somos bombardeados por histórias de pessoas ricas, lindas, bem sucedidas e com uma vida muito animada. Para começar, nem dá para saber se tudo isso é verdade mesmo, ou apenas uma vitrine de marketing, mas quando olhamos isso tudo constantemente, a impressão que dá é que nossas vidas são muito monótonas, temos muito pouco dinheiro, e nunca vamos conseguir sair do lugar. Que tal parar de dar atenção a isso e buscar exemplos positivos? No lugar de alimentar sua mente com histórias de quem não interessa, busque exemplo de pessoas que conseguiram chegar onde você deseja e use-as como inspiração. Passe a estudar seus modos de agir e colocar as suas ações em prática também.
  3. Troque o conteúdo – Finalmente, faça uma lista de lugares legais que você pode começar a acompanhar e dedique-se a segui-los no lugar dos outros. Insira em sua programação mensal conteúdos de qualidade, criativos e otimistas, que o ajudem a encontrar soluções e aprender no lugar de ficar somente reclamando e revoltado com a vida. Claro, nem tudo é fácil e há uma série de problemas ao nosso redor. Mas o que podemos fazer é agir e buscar melhorar o que nos cabe. Mudemos a frequência e comecemos a ter foco no que vale a pena. Você vai ver como isso impactará a sua vida de forma geral!
Janaína Gimael
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários

  • emersonfn

    Poxa Janaína que texto foda viu. Top. Valeu.

    • Janaina Gimael

      Obrigada Emerson! 🙂

  • Ótimo post @janainagimael:disqus! Excelente!

    Nao podemos esperar o mundo mudar, evoluir e melhorar para a nossa vida ser melhor. Se queremos ter um mundo melhor, um emprego melhor, um relacionamento melhor, enfim, uma vida melhor, devemos começar mudando a nós mesmos, nossas atitudes, nosso modo de pensar e encarar a vida e os problemas/desafios que ela nos impõe (clichê de livro de autoajuda, mas é a pura verdade).
    Gostei da parte onde vc fala sobre foco, pois acredito que nós obtemos justamente aquilo em que colocamos o nosso foco. Então, devemos focar naquilo que queremos, e nao naquilo que nao desejamos para as nossas vidas. Mas infelizmente, o que mais vemos por aí são pessoas que muitas vezes se deixam guiar pelos problemas, desperdiçando sua energia mental se concentrando exatamente naquilo que não querem…
    A consequência disso é que com essas atitudes, essas pessoas apenas expandem os problemas, ao invés de viabilizarem as soluções.
    Um bom exemplo são as crises econômicas. É nas crises que um mar de possibilidades e oportunidades costuma se abrir, pois nas crises o dinheiro começa a “mudar de mãos”. Alguns poucos afortunados que têm o mindset correto do “jogo da vida”, sabem aproveitar este momento, sabem farejar estas oportunidades e conseguem se sobressair e progredir mesmo em momentos de adversidade pra economia em geral. Já o “cidadão comum”, aquele que diz “amém” pra tudo o que os telejornais dizem, entra numa espiral de apatia e negatividade e se afunda cada vez mais…

    Gosto de textos que levam a uma reflexão interior! Obrigado!

    “Seja a mudança que vc quer ver no mundo”. Frase atribuída a Mahatma Gandhi

    https://uploads.disquscdn.com/images/e2f5d85dfb2bca830beefb5cd50e60486a6f1a5a036c75f8710c43c91d71c2f7.jpg

    Ei pessoal (@disqus_bqslyLQdaU:disqus, @xoxoxo10000:disqus, @Shammira:disqus, @Apenas_Sara:disqus, @DaviAllen:disqus), acho que vcs podem gostar desse texto!

    • Janaina Gimael

      Que legal a sua mensagem! Muito obrigada pelo comentário! 🙂 E lembremos sempre que não podemos mudar os outros, somente a nós mesmos, então façamos o nosso melhor sempre para conquistar resultados positivos! <3

      • Exatamente Janaína. Só temos controle sobre a nossa propria vida, então só cabe a nós mesmos fazermos o máximo, o melhor, sempre!
        Um forte abraço, atitude vencedora, e tudo de melhor, sempre! <3

    • Claudia

      Sim, excelente post. Está bem alinhado com o que penso. Foco é imprescindível para termos resultados ma vida. Obrigada pela dica, meu caro Hades! ♡