Home Comprar ou Vender 10 ações para ter retornos mais elevados com ESG

10 ações para ter retornos mais elevados com ESG

"O aumento da consciencialização está desmascarando velhos conceitos, e os investidores estão mais convencidos sobre o ESG", diz o Itaú BBA

por Gustavo Kahil
0 comentário
ESG Mercados

O Itaú BBA divulgou nesta semana a sua primeira lista de 10 ações que prometem ganhos mais elevados com as empresas escolhidas pelos critérios ESG (Environmental, Social and Corporate Governance).

Os analistas Victor Natal, Daniel Gewehr, Matheus Marques e Victor Cunha ressaltam que o tema sustentabilidade ganhou força no Brasil nos últimos anos, com o número de signatários do PRI (Princípios para o Investimento Responsável) disparou 90% desde 2020.

“O aumento da consciencialização está desmascarando velhos conceitos errados, e os investidores estão cada vez mais convencidos de que a inclusão de ESG na análise gera retornos mais elevados”, ressaltam.

Eles ressaltam que evidências empíricas e estudos acadêmicos também apontam para retornos potencialmente mais elevados — os índices ESG tendem a superar os seus comparáveis não ESG no longo prazo.

“Até agora, esta visão foi confirmada no Brasil, onde a abordagem da estratégia ESG rendeu retornos excessivos: o índice MSCI Brazil ESG proporcionou um ganho de 206% desde 2013, em comparação com um ganho de 177% para o índice MSCI Brazil. O investimento responsável já percorreu um longo caminho”, ressaltam.

Recomendações

A metodologia do Itaú BBA emprega uma estrutura combinada, com uma abordagem de triagem positiva, que favorece as melhores empresas e as melhores em progresso, juntamente com uma abordagem de envolvimento ESG.

As escolhas são 10 ações: CPFL Energia (CPFE3), Engie Brasil (EGIE3), Localiza (RENT3), Totvs (TOTS3), Banco do Brasil (BBAS3), Rumo (RAIL3), 3Tentos (TTEN3), Renner (LREN3), B3 (B3SA3) e Cosan (CSAN3).

“Combinamos finanças tradicionais com avaliações de sustentabilidade, aproveitando a experiência do Itaú e o rico banco de dados e estrutura do MSCI. Começando com uma avaliação ESG derivada da materialidade do MSCI, selecionamos um conjunto das melhores empresas e das melhores em progresso. A partir daí, aplicamos uma perspectiva mais ampla de dupla materialidade e a experiência da nossa equipe de pesquisa para chegar a um portfólio que seja, ao mesmo tempo responsável e financeiramente atraente”, destacam.

Fonte: Itaú BBA

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Faça parte da rede “O Melhor do Dinheirama” com as melhores análises e notícias

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.