Eugênio comenta: “Navarro, uma pergunta que tenho feito para algumas pessoas que considero em alta estima: existe um perfil adequado de conduta para alcançarmos o sucesso e a independência (ou liberdade) financeira? Pergunto, pois acho que nunca alcançarei isso. Estou sendo dramático demais? Obrigado”.

Se o desafio parece grande demais, não dá! Se parece difícil, não consigo! Afirmações assim são muito comuns. Chega! Eu não gosto quando as pessoas dizem “nunca”. Essa é uma palavra muito longa e a vida é dinâmica demais para criarmos limitações tão extensas. Limitações. Eis uma palavra destruidora de sonhos.

Você é o dono das suas ações

Antes de prosseguir para o ponto alto deste texto, que são as provocações sobre sucesso financeiro que quero que você leia e pense a respeito, vamos esclarecer essa coisa das limitações.

Você já deve ter lido e ouvido a expressão “crença limitante”. São pensamentos fixos que você desenvolve e que se tornam verdades para você. Eles podem ter sido criados por você mesmo ou não – há casos em que, de tanto ouvir frases negativas de outras pessoas, tais sentimentos acabam “internalizados”.

Existe ainda a síndrome do “coitadismo”, em que, pelos mais variados motivos, a pessoa se sente inferiorizada e incapaz de avançar em diversas áreas da vida, inclusive profissional, o que afeta a geração de renda (e a busca pela independência financeira).

Como vemos, esta é uma questão psicológica e comportamental, mas que interfere diretamente nas conquistas financeiras. Se você se identificou com isso, precisa estudar o assunto e modificar seus pensamentos. Dependendo do grau do problema, precisará de apoio psicológico profissional. Sim, terapia mesmo (eu fiz e recomendo).

Feita esta observação inicial, vou apresentar algumas características que considero importantes para você alcançar a independência financeira.

Ebook gratuito recomendado: Ter uma Vida Rica Só Depende de Você

Provocações sobre independência financeira

Há muito a se falar quando o assunto é sucesso. No âmbito das finanças, não é diferente. Como gostamos de listas, tópicos e regras, apresento hoje 10 provocações que considero muito relevantes para você experimentar a liberdade financeira.

Se elas fizerem mesmo sentido, imprima-as e as fixe na parte de dentro da porta do seu guarda-roupas, para consultar frequentemente. Pode parecer um exercício bobo, mas se você se enquadrou no grupo de pessoas que sofre com as crenças limitantes, isso será de grande utilidade para “desintoxicar” a sua mente.

 

  • Desenvolva a disciplina na sua vida: ela manterá você no caminho;
  • O seu destino está diretamente relacionado com as suas escolhas: saiba aonde quer chegar, mas aprenda a tomar decisões (inclusive as difíceis);
  • Acredite em você e no seu potencial: você pode, desde que acredite e entre em ação;
  • Seja persistente: as dificuldades chegam para todos, mas só os persistentes avançam;
  • Busque a realização dos seus sonhos: eles serão um forte motivador para que você não desista;
  • Assuma as responsabilidades por suas decisões: se você acertou ou errou, a culpa é sua. Aprenda com os erros e comemore os acertos;
  • Desenvolva seu espírito empreendedor: independente de você ter sua empresa ou ser empregado, pense sempre como se fosse o dono, fazendo o seu melhor para obter resultados positivos;
  • Trabalhe com afinco: no mundo dos ganhadores, não há espaço para a preguiça. Primeiro o trabalho, depois o trabalho e, então, depois de muito trabalho, a recompensa;
  • Aprenda a administrar seu dinheiro com maestria: uma ótima educação financeira é primordial para multiplicar o seu patrimônio;
  • Faça um planejamento financeiro de vida: estabeleça objetivos de curto, médio e longo prazo e trabalhe para alcançá-los, utilizando todas as dicas anteriores.

Como você pode perceber, não há nada mágico aqui. A equação é simples: pensamento + ação = resultado. Falando em matemática, te convido ainda a assistir a este breve vídeo que gravei, cujo tema é Dinheiro não é matemática, é hábito:

Clique aqui para ver o vídeo

Leitura recomendada: Aprenda a construir a sua independência financeira

Conclusão

Ao contrário do que muitos pensam, sucesso e liberdade financeira têm muito mais relação com nossos pensamentos e atitudes do que com nossa situação financeira e capacidade de geração de renda.

Até porque, convenhamos, dinheiro é (e sempre será) consequência de uma mente positiva, que entende que é capaz de alcançar aquilo que deseja. Entenda também que não há atalhos, nem “almoço grátis”. Então, mãos à obra, pois o tempo está passando (e não volta)! Forte abraço e até a próxima!

Palestras gratuitas recomendadas: Conrado Navarro, Gustavo Cerbasi, João Kepler e outros convidados.

Conrado Navarro
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários