Home Carreira 5 lições de Jorge Paulo Lemann para atingir o sucesso

5 lições de Jorge Paulo Lemann para atingir o sucesso

por Redação Dinheirama
0 comentário

Jorge Paulo Lemann é conhecido por diversas façanhas, como: ser o homem mais rico do Brasil e ,ser dono da maior cervejaria do mundo, a Ab InBev. Mas ele também balançou o mercado internacional com suas ações firmes e bem sucedidas, e é sócio do 3G capital, que controla redes como Burger King e Kraft-Heinz.

De fato, o empresário e economista figura na 117ª posição do ranking global da Forbes, que aponta as pessoas mais ricas do mundo. Assim, ele está no topo da lista de brasileiros e tem uma fortuna estimada de US$ 15,4 bilhões, ou R$ 72,9 bilhões.

Não é à toa que o empresário ganhou o respeito de Warren Buffett e que suas lições merecem toda atenção. Por isso, neste artigo, trazemos um pouco da biografia de Lemann e suas preciosas lições. Então, confira a seguir e faça suas anotações!

Quem é Jorge Paulo Lemann?

Jorge Paulo Lemann é um economista e empresário que nasceu em 1939. Conforme dissemos acima, o patrimônio de Lemann é estimado em US$ 15,4 bilhões ou R$ 72,9 bilhões. Dessa forma, ele é o brasileiro mais rico do mundo, juntamente com sua família.

Uma de suas máximas é: “sonhar grande dá o mesmo trabalho que sonhar pequeno”. Com esse pensamento e com seus dois principais sócios, Marcel Telles e Beto Sicupira, ergueu um império do capitalismo mundial.

Além de criar o Banco Garantia, Lemann investiu em empresas como as Lojas Americanas, além de Brahma e Antarctica, que formariam a Ambev. Essa empresa foi o embrião da atual maior fabricante de cervejas de todo o mundo, a AB InBev.

Lemann foi jogador profissional de tênis e é entusiasta da educação. Por isso, idealizou três entidades filantrópicas: Fundação Estudar, Fundação Lemann e Instituto Tênis.

Onde nasceu o homem mais rico do Brasil?

O homem mais rico do Brasil nasceu no Rio de Janeiro, sendo filho de pai suíço e mãe brasileira. Inspirado em um primo, estudou economia em Harvard e se formou em dois anos, ao invés dos três habituais.

Recém-formado, voltou ao Brasil em busca de trabalho. Trabalhou em uma empresa que negociava ações no mercado latinoamericano, mas ficou desanimado com o mercado de capitais brasileiro, que estava em estado embrionário. 

Por isso, tentou e conseguiu uma vaga de estágio no Banco Credit Suisse em Genebra. Mas, ao se deparar com os processos lentos, burocracia e hierarquia do banco, saiu do estágio após sete meses e se dedicou ao tênis.

Quando voltou ao Rio, trabalhou na financeira Invesco, onde estruturou a área de mercado de capitais. Em pouco tempo, começou a incomodar as operadoras tradicionais da Bolsa de Valores ao montar um tipo de “bolsa paralela”, que movimentou cerca de 5% do volume na Bolsa do Rio de Janeiro. 

Devido ao sucesso, foi promovido a sócio da empresa. No entanto, a Invesco quebrou em 1966. Em sua passagem pela empresa, conheceu Jorge Carlos Ramos da Silva, que acabou sendo seu sócio no próximo empreendimento, a corretora Libra. Mas, depois de tentativas frustradas de comprar o controle da corretora, vendeu sua participação.

Em 1971, contudo, conseguiu comprar o título da corretora Garantia. Nos anos seguintes, seus atuais sócios foram contratados para atuar na empresa: Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, que são parceiros de Lemann até hoje.

Essa parceria de sucesso é baseada em três pilares:

  • Os sócios sempre tiveram seus papéis bem definidos;
  • Um não interfere no trabalho do outro;
  • Os três têm os mesmos valores e apreço pela simplicidade e aversão aos holofotes.

Empresas de Jorge Paulo Lemann

A parceria bem-sucedida culminou em um império do capitalismo mundial. Juntos, criaram o Banco Garantia e formaram a maior cervejaria do mundo, a Ab InBev. Lemann ainda investiu em empresas como Telemar, Gafisa e ALL 

Além disso, Lemann é sócio do 3G Capital e, por meio dele, dono de redes como Burger King, Tim Hortons, Popeyes e Heinz. A última empresa foi comprada em parceria com seu amigo pessoal, o investidor Warren Buffett.

5 lições de Jorge Paulo Lemann para sucesso

Cinco lições importantes podem ser extraídas da trajetória de Lemann para ajudar a entender seu caminho de sucesso. Confira-as:

1. Sonhe grande, mas mantenha o foco

Acima, já citamos uma das frases favoritas de Lemann: “Sonhar grande dá o mesmo trabalho de sonhar pequeno”. Ou seja, não há limites para aqueles que correm atrás dos seus objetivos e trabalham para alcançá-los. Mas, a gestão dos negócios precisa ser feita com foco na realidade. 

Dessa forma, as receitas de Lemann para a formação do maior império cervejeiro do mundo foram: sonhar grande e identificar a possibilidade de ir além de seus limites junto por meio de seu estilo de trabalho e sua equipe.

2. O simples é melhor do que o complicado

A capacidade de tomar decisões objetivas e rápidas é uma das maiores habilidades de Lemann. Prova disso é que, na gestão do Banco Garantia, praticamente não eram feitas reuniões, e todas as decisões eram tomadas com base em conversas simples.

Além disso, não existiam salas no escritório, o que fazia com que as pessoas sempre estivessem próximas umas das outras. Assim, o simples se tornou a alternativa mais viável para a rápida tomada de decisões.

Ao longo dos anos, isso se tornou parte do estilo de liderança de Lemann, e seus resultados servem para comprovar a eficácia de sua estratégia.

3. Tenha profissionais melhores do que você ao seu lado

Lemann e seus sócios sempre deram importância ao fato de contratar profissionais excepcionais, que eles consideravam, inclusive, “melhores do que eles”. Desde o início dos negócios, as contratações eram feitas com base nessa premissa.

Dessa forma, os profissionais que quisessem fazer parte da equipe de Lemann precisavam ser muito bons e trabalhar muito. O quadro de profissionais de suas empresas sempre tinha pessoas motivadas, com formação excelente e muita experiência.

4. O maior risco é não arriscar

Lemann é um grande defensor de que os riscos são parte natural do caminho de sucesso de qualquer profissional. Além disso, ele sempre esteve pronto para assumir as responsabilidades e lidar com as consequências dos resultados de suas decisões arriscadas.

Para ele, não arriscar é sempre pior do que tentar e errar.

5. O bom é inimigo do ótimo

Lemann e seus sócios sempre seguiram essa premissa. Por esse motivo, buscavam a excelência por meio da melhoria de processos, da evolução da equipe e da oferta dos seus produtos, ao invés de buscarem criar o cenário corporativo ideal.

Assim, o foco da administração de seus negócios sempre esteve na equipe, nos custos e no produto. Seu objetivo é ser muito bons nessas três áreas, mesmo que falhem em outras coisas. Sabendo que é impossível ser perfeitos em todas as áreas, se dedicam a ser excelentes nas questões que consideram essenciais para os negócios.

Conclusão

O homem mais rico do Brasil é o dono do maior império cervejeiro do mundo, a Ab InBev, e sócio do 3G capital, controlador de redes como o Burger King e a Kraft-Heinz. De sua trajetória bem-sucedida, é possível tirar lições para ter sucesso na carreira profissional e no empreendedorismo.

Qual é a sua opinião sobre as lições de Lemann? Conte-nos nos comentários!

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.