Olá amigo leitor do Dinheirama, chegamos com mais uma edição dos “Vídeos da Semana”! É o momento de revermos os vídeos que foram ao ar em nosso canal no Youtube na semana que passou.

Se você perdeu, agora poderá contar com esse resumão e começar a semana com os melhores vídeos de educação financeira.

Importante: Não deixe de acessar e se inscrever gratuitamente em nosso canal (clique aqui)

Acompanhe os vídeos dessa semana:

Não conte com a Sorte: 5 Passos para fazer seu sucesso acontecer

Sucesso é algo muito pessoal e subjetivo. Comece respondendo sinceramente: o que é ser bem-sucedido para você? Ter muito dinheiro? Tem tempo livre? Ter um bom emprego? Ser um exemplo ou uma espécie de modelo inspirador para os demais?

Há muito tempo sucesso deixou de ser determinado apenas por quanto de dinheiro alguém possui. O sonho de ficar rico e ganhar dinheiro de qualquer jeito deu lugar a um contexto mais humano e inteligente, que diz respeito à realização pessoal.

Dentro desta nova forma de pensar, a educação financeira tem um papel muito importante. É através de hábitos simples, muitos deles não relacionados ao dinheiro (e sim comportamento), que solidificamos o caminho rumo à independência financeira.

Nossas escolhas são sempre livres, mas as consequências delas precisam ser encaradas, sejam elas boas ou ruins. O aprendizado é essencial para transformar erros em lições, e as lições em hábitos, práticas cotidianas.

O sucesso não é um grande acontecimento, mas uma sucessão de pequenas vitórias e fracassos, colecionados com carinho e determinação; energia e motivação.

A trajetória de Conrado Navarro pode ser útil para entender um pouco de tudo que descrevemos acima. Ele tem cinco passos para compartilhar com você:

  • Aprender a se previnir contra emergências;
  • Investir sempre;
  • Pensar mais em renda do que em coisas;
  • Colocar em prática (fazer);
  • Aprender a diferenciar sonhos de fantasias.

Acredite no que você é capaz de fazer para atingir o sucesso financeiro. Estamos aqui para ajudá-lo! Sucesso!

O que é Letra de Câmbio (LC)? Vale a pena? É melhor que CDB?

Investir em renda fixa nem sempre é tão simples quanto deveria ser. Apesar de estarmos falando de investimentos conservadores e que todos precisam ter em carteira, a “sopa de letrinhas” nem sempre favorece o investidor iniciante.

Uma das dúvidas diz respeito à Letra de Câmbio, ou simplesmente LC, como é chamada dentro das plataformas e corretoras independentes. Você sabe o que é e como funciona o investimento em Letra de Câmbio? Agora vai saber!

Uma LC é um título privado, assim como um CDB, mas o emissor é uma financeira (e não um banco, como no caso do CDB). O retorno e a tributação funcionam de forma semelhante ao investimento em CDB.

Será que investir em LC vale a pena? A rentabilidade é maior que no caso do CDB? E o prazo, como fica? Assista ao vídeo e entenda:

  • O que é LC e como você pode investir nela;
  • Quanto rende uma Letra de Câmbio;
  • Se a LC é mais interessante que um CDB ou outra aplicação em renda fixa;
  • Onde encontrar as melhores taxas para investir em LC;
  • Como é a tributação e Imposto de Renda para a LC.

Investir na renda fixa é importante e deve ser uma decisão de todo investidor inteligente. Neste sentido, a Letra de Câmbio é importante e precisa estar na sua carteira.

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários