Todo mundo quer uma vida mais rica, certo? E entre os muitos pontos que isso pode abranger, também precisamos falar especificamente sobre a questão financeira. Pode ser que, além de dificuldades habituais, como não conseguir se organizar financeiramente ou ganhar muito menos do que precisa, você também esteja deixando de tomar algumas atitudes fundamentais para quem quer ter sucesso financeiro. Vamos refletir sobre elas?

1 – Ter coragem para tentar e falhar se preciso

Seja com relação a investimentos, seja com relação a trabalho, muita gente nem sequer tenta sair da zona de conforto com medo de dar errado.

E muitas vezes está faltando exatamente aquela pontinha a mais de coragem para que você possa tentar, falhar se preciso, aprender e ter mais possibilidades de ganhos do que a média!

2 – Tomar cuidado com suas fontes de informação

Hoje em dia há informações em todos os cantos e sobre todos os assuntos. Muita gente se torna “especialista” do dia para a noite e é preciso tomar muito cuidado na hora de ouvir essas pessoas.

Algumas informações também são enviezadas e podem te prejudicar. Filtre com mais cuidado.

3 – Poupar, mas investir também

Conseguir guardar dinheiro é fundamental para quem quer começar a investir. E sempre dizemos que mesmo que você tenha pouco, o importante é criar o hábito da poupança. U

Um segundo passo é trabalhar para fazer o dinheiro crescer, ou seja, procurar alternativas inteligentes de investimento para ele.

4 – Estabelecer metas para o dinheiro

Guardar dinheiro sem metas é algo que não costuma dar muito certo. É por isso que tão importante quanto guardar, é definir quais os seus objetivos de curto, médio e longo prazos para o que guarda e investe.

Quem não tem objetivos, muitas vezes acaba não vendo muitas razões para deixar de ter um prazer momentâneo com determinado consumo, por exemplo, simplesmente para esperar por algo que a pessoa nem sabe o que é ainda.

5 – Manter um padrão de vida adequado

Não há segredo neste ponto: quando você tem um padrão de vida maior do que o que a sua receita pode pagar, normalmente estará o tempo todo endividado.

Muitas são as coisas para este tipo de questão, e ela pode abranger desde as companhias ao seu redor (como amigos que ganham muito mais e gastam mais também) até hábitos como jogar as frustrações nas compras ou querer mostrar que tem mais para ser mais querido (ou ter a impressão de que agradará mais deste jeito). Seja o que for, é importante reconhecer o que está acontecendo e tratar o problema. Caso contrário, você nunca conseguirá guardar, investir nem muito menos enriquecer.

6 – Ter disciplina

A disciplina é fundamental para quem quer resultados. Se alguém quer emagracer, precisa ter disciplina na hora de comer e de se exercitar.

Se alguém quer aprender um novo idioma, precisa ter disciplina na hora de estudar e praticar. E se alguém quer ganhar mais dinheiro, também precisa ter disciplina para entender e colocar em práticas as diversas ações que a educação financeira engloba.

7 – Aprender sempre

Quem quer mudar de rumo e conquistar novos resultados também precisa estar aberto para o aprendizado constante. Se você é teimoso e continua batendo na mesma tecla quando se trata de finanças ou de comportamentos que prejudicam as suas finanças, então é hora de parar e começar a fazer diferente.

Que tal colocar o aprendizado na sua lista de tarefas diárias. Escolha com cuidado suas fontes de informação como já dissemos, insira a leitura, vídeos ou áudios em suas “lições” frequentes, e comece a aplicar, ainda que aos poucos, a teoria na prática.

E se você percebeu que está deixando de tomar uma ou algumas destas atitudes, agora é hora de inseri-las na sua vida. Muitas vezes a forma como agimos a vida inteira nos impede de conquistar resultados melhores e a gente nem se dá conta, por isso estamos aqui para dar aquela mãozinha que você precisa! Pronto para começar?

Redação Dinheirama
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários