Final do ano e diversos compromissos sociais e financeiros costumam ser sinônimo de endividamento. Natal, Ano Novo, férias, impostos e compras de início do ano, material escolar, matrículas e por aí vai. A lista é imensa.

Com tantos compromissos, terminar o ano no azul é um baita desafio. Em 2017, o Dinheirama completará 10 anos de muita educação financeira, com um diferencial: vivenciamos de perto, todos esses anos, diversas mudanças no comportamento do brasileiro.

Ao longo desse tempo, conseguimos identificar o que de fato funciona (ou não) quando o assunto é finanças pessoais. Listamos aqui 7 passos que certamente ajudarão você a manter suas finanças em dia. A ideia é não apenas seguir esses passos no final do ano, mas fazer desses passos um caminho constante.

Leitura recomendada: Seu bolso: como sobreviver ao final de ano e ao “Natal da crise”

7 passos para terminar o ano no azul

Passo 1: conheça suas dívidas e pague-as o mais rápido possível

Opte por pagar as dívidas mais caras e com maiores juros. Boletos de carro e de financiamento de imóveis são prioridades, afinal, dependendo do atraso você poderá perder o bem.

Nem pense em utilizar o cheque especial ou a modalidade do rotativo de seu cartão de crédito por um longo período – os juros são extremamente altos e você pode perder o controle muito rapidamente.

Passo 2: não gaste mais do que pode 

Se o orçamento já está apertado, opte por fazer um Natal modesto, sem gastos que prejudiquem suas finanças. Busque itens mais baratos para compor sua ceia natalina, estabeleça um limite de gastos para festas e ocasiões especiais e não compre presentes caros. Resumindo, use sua criatividade, não o dinheiro dos outros.

Passo 3: atenção aos gastos

Corte gastos supérfluos e desnecessários para conseguir economizar. A substituição de serviços ou mesmo produtos caros pode ser uma boa alternativa. O fundamental é sempre manter o equilíbrio no padrão de vida para não gastar mais do que o seu orçamento permite. Óbvio? Sim. Praticado? Não.

Vídeo recomendado: Os 4 sabotadores de sua independência financeira

Passo 4: não gaste todo o seu 13º salário

O décimo terceiro salário é um ganho extra que pode ajudá-lo a colocar as contas em dia. Assim, utilize-o para sanar contas maiores e mais urgentes (dívidas, por exemplo) e depois pense em formar uma reserva de emergências ou investir.

Passo 5: sua prioridade deve ser ajustar suas contas 

Priorize sair do vermelho ao fazer novos planos que incluem o final de ano e o ano que virá. A dica aqui é não deixar de sonhar com as viagens, objetos de desejo e outras coisas, mas fazer isso também elevando o controle financeiro ao mesmo grau de prioridade. Ou no ano que vem estaremos falando dos mesmos problemas

Passo 6: não faça mais dívidas

Opte por não começar o ano no vermelho ou se endividando, e isso significa parar de comprar parcelado desde já. O atual cenário econômico continuará desafiador no próximo ano. Não se endividar é crucial para não transformar seu futuro promissor em uma grande incógnita.

Passo 7: atenção especial ao cartão de crédito

O cartão de crédito é uma ferramenta. A decisão e a responsabilidade pelo gasto sempre serão de quem utilizou o cartão como uma forma de pagamento. É necessário um controle que funcione muito bem para que os parcelamentos não saiam do controle. Lembre-se que os juros médios do cartão de crédito no Brasil passam com folga de 450% ao ano (sim, é insano).

eBook gratuito recomendado: Riqueza Pessoal é Possível

Conclusão 

Todo final de ano, costumamos separar um espaço na correria do dia a dia para analisar as finanças pessoais. Nesse momento, é fundamental considerar o que foi feito de errado e o que pode ser mudado a partir de agora para não mais cometer os mesmos erros.

Lembre-se que o controle financeiro é fundamental para não errar por falta de informações. Pensando em oferecer algumas boas ferramentas para você seguir em frente, preparamos no Dinheirama duas opções incríveis para você:

  • Dinheirama Organizze: A força do Dinheirama e do Organizze em prol do seu bolso. Você conta com um aplicativo incrível para controlar suas finanças no seu computador ou smartphone (clique e conheça).

Não faltam opções para você transformar sua vida! Com determinação e foco você pode deixar as dívidas para trás e se tornar um investidor de sucesso. Nós acreditamos em você, e há quase 10 anos! Vamos nessa?

Ricardo Pereira
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários