A diferença entre o sucesso e o fracasso nos negócios geralmente se resume a uma coisa: um bom trabalho em equipe. Se alguém vai ser um empregado, ele (ou ela) precisa trabalhar bem comigo e com outros membros da equipe. Por essa razão, é importante identificar e contratar com base nas qualidades que predizem o trabalho em equipe e o sucesso.

Aqui estão 7 qualidades que os melhores funcionários têm em comum:

1. Confiabilidade

Os seus funcionários são tão bons quanto eles são confiáveis. Mas, como é possível determinar quão confiáveis novos contratados serão antes de trabalhar com eles? O valor das credenciais é tudo, mas desapareceu na economia de hoje, então você tem que procurar em outro lugar.

Francamente, não me importa onde alguém já trabalhou ou quanto era o seu coeficiente de rendimento na faculdade (ou mesmo se ele ou ela foi para a faculdade).

O que importa para mim é o que essa pessoa fez. Ela esteve no mesmo emprego por anos? Ou essa pessoa teve três empregos diferentes no último ano? Ela obteve sucesso no que fez? Por que ela saiu do último emprego?

Leitura recomendada: 7 Dicas para Destruir sua Equipe e Arruinar sua Reputação

Eu não poderia me importar menos com o texto do CV do que o que antigos empregadores e colegas de trabalho têm a dizer. Vou passar horas no telefone falando com as referências de um potencial novo empregado antes de lhe oferecer uma oferta de emprego.

Dica: pergunte a antigos empregadores como era a frequência deste potencial empregado para ter uma ideia do que você mesmo pode experimentar.

Um funcionário comprometido vai ser um funcionário mais confiável, por isso não deixe de ter uma noção do interesse do candidato pela posição e área que ele quer ocupar.

2. Confiança

Uma pessoa confiável tem mais chances de falar quando as coisas dão errado, até mesmo se ele ou ela parecer estúpido fazendo isso. Procure pessoas com a confiança para expressar as suas opiniões e crie uma cultura que promova divergências de opiniões de maneira aberta.

Um funcionário confiante não só vai achar fácil iniciar conversas e agir independentemente, mas também vai transpirar confiança aos demais clientes e colegas.

Nós trabalhamos melhor com pessoas em quem confiamos e nós confiamos em pessoas que são confiantes em suas crenças e habilidades, independentemente de qual seja a sua função de trabalho.

3. Imagem

A aparência importa no local de trabalho. Independentemente de quão atraente alguém possa aparecer, funcionários bem vestidos vão dar uma impressão melhor de si mesmos e de suas empresas do que as pessoas com roupas desgrenhadas e cabelos despenteados.

É importante que os funcionários se vistam para se encaixarem na imagem da sua empresa. Não estou sugerindo que todos pareçam iguais, só que você mantenha algum padrão de profissionalismo baseado em padrões da sua indústria e em práticas comuns.

Vídeo recomendado: Iniciativa e atitude podem aumentar seu retorno financeiro (a famosa “milha extra”) 

4. Experiência

A experiência supera tudo. Ao contratar novos funcionários, olhe atentamente para os seus antecedentes e experiências de trabalho anteriores. Mas, ainda mais importante, faça perguntas específicas sobre sua experiência.

Faça perguntas que exijam conhecimento detalhado sobre a indústria para descobrir o que eles sabem exatamente. O que eles aprenderam? Que desafios eles enfrentam? Como eles superaram esses desafios?

Ouça com atenção às suas respostas e observe quão confortáveis eles estão ao falar sobre as suas experiências. Será que eles respondem com artifícios genéricos da indústria ou falam especificamente, usando dados e números? Isto lhe dará uma boa ideia se eles podem realmente mostrar-se verdadeiros através de suas ações.

5. Alguém fácil de trabalhar

Estão acabados os dias de trabalhos isolados de programadores e engenheiros. Hoje, os melhores funcionários em qualquer área são aqueles que trabalham bem com os outros.

“Você pode fazer mais amigos em dois meses, tornando-se interessado nas outras pessoas do que você pode fazer em dois anos tentando conseguir outras pessoas interessadas em você”, Dale Carnegie disse sabiamente.

Se eles vão estar interagindo apenas com colegas no escritório ou clientes, contrate funcionários que trabalham bem com os outros. Melhor ainda, contrate pessoas que são ótimas com outras pessoas. Procure alguém com uma perspectiva positiva, alguém que sorria e alguém que olha você nos olhos. Preste atenção nas pequenas conversas.

Os funcionários devem ser capazes de manter uma conversa educada e sensível com os colegas e clientes. Se eles não conseguem, é improvável que eles vão prender ou manter negócios. Por outro lado, fique de olho em constantes reclamações. Pergunte o que eles não gostam sobre as suas funções passadas.

As respostas dos candidatos são educadas, mas honestas ou são uma licença para desabafar? As suas respostas irão dizer como eles vão falar sobre a sua empresa quando eles saírem por aí com o cartão de visita em mãos.

eBook gratuito recomendado: Riqueza pessoal é possível

Todo mundo tem coisas que não gosta em um trabalho. No entanto, os melhores funcionários possuem um senso e mantém estas queixas para si mesmos, especialmente durante uma entrevista.

6. Detalhista

“Detalhista” tornou-se uma palavra da moda entre os candidatos e os anúncios de emprego. Mas, ainda assim, é importante. Uma forte atenção aos detalhes é um indicador chave do sucesso nos negócios.

Isto é especialmente verdadeiro se o empregado trabalha em um papel técnico ou uma pessoa que realiza cálculos. Funcionários detalhistas são mais propensos a verificar novamente o seu trabalho e a corrigi-lo antes de rotular algo como “completo”.

7. Inteligência emocional

A inteligência acadêmica não é a única forma de inteligência. A verdadeira inteligência é muito mais do que um pedaço de papel ou um diploma. A verdadeira inteligência vem da experiência. A experiência no mundo real nos dá uma sensação de “conhecimento prático”, ou o que é formalmente chamada inteligência emocional.

Há uma série de perguntas de entrevista que podem avaliar o nível de inteligência emocional de alguém. Pergunte uma combinação de questões associadas à resolução de problemas e questões de lógica. Você pode ser surpreendido por respostas criativas de um candidato.

Conclusão

Encontrar um bom empregado é um trabalho difícil. Eu gastei mais de 100 horas em uma contratação. Isso é bastante tempo, mas é essencial para contratar as pessoas certas.

Leitura recomendada: 4 hábitos perigosos que sabotam a realização dos seus sonhos

Se você sabe o que você está procurando, isso pode tornar o processo muito mais fácil. Priorize as características que mais importam no seu negócio. Venha com questões para a entrevista que serão mostradas aos empregados que têm essas características.

Siga estas regras e seu negócio vai ser forte de dentro para fora, construído com base no que realmente importa: ótimas pessoas.

Neil Patel
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários