Home Comprar ou Vender A Espaçolaser saiu do sufoco das dívidas de curto prazo

A Espaçolaser saiu do sufoco das dívidas de curto prazo

A Fitch retirou a observação negativa após os ajustes operacionais realizados em 2023, buscando eficiência e produtividade

por Gustavo Kahil
0 comentário

A Fitch Ratings anunciou hoje a retirada da observação negativa do rating nacional de longo prazo da Espaçolaser (ESPA3) após avaliar que a empresa terá sucesso no equacionamento de sua dívida de curto prazo até o primeiro trimestre de 2024.

Segundo a agência de classificação, a nota A- reflete os desafios inerentes à operação na competitiva indústria brasileira de depilação a laser. Contudo, a classificação é sustentada pela escala, liderança da Espaçolaser, sua diversificação geográfica e força de marca, proporcionando margens operacionais adequadas

“A perspectiva estável baseia-se na expectativa de manutenção da adequada performance operacional da Espaçolaser, com retomada gradual do crescimento do negócio, fortalecimento da rentabilidade e manutenção de moderada alavancagem financeira”, explica Pedro Gonzalez, analista da Fitch.

É esperado que a alavancagem financeira líquida reduza para entre 2,5 vezes e 3 vezes a partir de 2024, após 3,3 vezes em 2023.

Desempenho das ações da Espaçolaser em comparação com o índice Small Caps em 12 meses

A Fitch observa que a empresa continua a se beneficiar dos ajustes operacionais realizados em 2023, buscando eficiência e produtividade. A agência projeta crescimento de vendas (Same Store Sales – SSS) entre 7% e 7,5% a partir de 2024, após os 9% estimados para 2023. As margens de EBITDAR devem ficar entre 24% e 25% nos próximos dois anos.

O fluxo de caixa deve ficar positivo com a geração operacional crescente, com EBITDAR de aproximadamente R$ 270 milhões em 2024 e R$ 300 milhões em 2025. O fluxo de caixa das operações (CFFO) deve posicionar-se em R$ 37 milhões em 2024 e R$ 75 milhões em 2025.

Franquias

Segundo a Fitch, a expansão das lojas próprias deve permanecer limitada, com a estratégia de crescimento via franquias nos próximos dois anos. As unidades franqueadas podem representar até 40% do total nos próximos cinco anos.

Relatório da Fitch

Dinheirama

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.