A orientação mais adequada para cada investidorO mercado nacional de produtos financeiros é, sem dúvida, um dos mais plurais quando o assunto é onde e como realizar investimentos. Entre as alternativas mais conhecidas estão os fundos de investimento, renda fixa, imóveis, ações, fundos imobiliários, entre outras. Por termos tantas opções, saber qual é a melhor e mais adequada para seu perfil é fundamental para alcançar os objetivos financeiros.

Cada pessoa possui um comportamento financeiro e um estilo de consumo diferente. Ou seja, tem uma forma particular de gastar o que ganha. Costumo classificar em quatro os principais perfis financeiros, e em cada um deles aponto a fórmula para que alguns hábitos possam ser modificados com a finalidade de alcançar a tão sonhada estabilidade financeira. São eles: o presentista, o nunquista, o semprista e o futurista.

O primeiro perfil é o presentista. Posso dizer que esse é um perfil iniciante, pois não possue o colchão financeiro e nem o hábito de anotar os gastos. O primeiro passo é saldar as dívidas, caso as tenha. Nesse momento, o mais importante é planejar os gastos, eliminar os juros altos e sempre buscar as melhores formas de negociação. A partir disso poderão iniciar suas reservas.

Os nunquistas fazem parte do segundo perfil. Em geral, os nunquistas não possuem controle do que ganham e gastam. A melhor forma de garantirem seus recursos é sistematicamente anotar em uma planilha o valor que ganham e todas as suas despesas, sem exceções. O planejamento deve ser uma prioridade e todos os gastos supérfluos precisam ser eliminados. A partir desse momento, ele precisa começar a fazer e salvar o dinheiro. Isto é, deve aumentar as formas de ganhá-lo e iniciar um plano de aplicações.

Em terceiro estão os sempristas. Nesse grupo costumo destacar que o mais necessário é a obtenção de mais conhecimento dos produtos existentes no mercado financeiro. Em geral, é mais vantajoso para esse tipo de investidor buscar novas formas de turbinar seus investimentos, ou seja, sofisticar suas aplicações financeiras buscando maior rentabilidade do que as encontradas nas aplicações tradicionais. Essa atitude o ajuda a minimizar os riscos e maximizar os ganhos.

E por último estão os futuristas. Esse perfil de investidor geralmente é muito cauteloso e econômico quanto aos gastos. O planejamento deve fazer parte de sua rotina para aproveitar de forma sadia de seus recursos. Mas também precisa conhecer formas de sofisticar, turbinar, os investimentos para alcançarem mais rápido seus objetivos e metas.

Definir o seu perfil é importante para eliminar as perdas e gradativamente auxiliar a compor o que costumo chamar de colchão financeiro, que consiste nas reservas que separamos por um determinado período.

E para todos os perfis, o conselho é muito simples. Ou melhor, o modo de fazer é muito semelhante. Em todos os casos, o essencial é buscar conhecimento, seja por meio de cursos, palestras, livros ou auxílio de ajuda profissional que possa orientar qual melhor caminho seguir. Assim, a tão sonhada independência financeira estará muito mais próxima de ser alcançada.

Foto: sxc.hu.

Avatar
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários