Home Mercados Abertura de mercado: tendência de baixa e indefinida no mundo

Abertura de mercado: tendência de baixa e indefinida no mundo

Os futuros do Índice Ibovespa amanheceram em queda, com o mercado voltando sua atenção para a reunião do Copom, que começa amanhã

por Redação Dinheirama
3 min leitura

Brasil

O futuro do Índice Ibovespa (WIN1!) amanheceu em queda, com o mercado voltando sua atenção para a reunião do Comitê de Política Monetária (COPOM), que começa amanhã (18). A reunião decidirá sobre a taxa Selic, a taxa básica de juros do país, e o anúncio da decisão está previsto para quarta-feira (19). O consenso entre os investidores é de que o Banco Central (Bacen) mantenha a Selic em 10,50% ao ano.

EUA

Os futuros americanos começaram a semana sem uma direção definida, enquanto os investidores aguardam novos dados econômicos para formular previsões sobre o futuro da política monetária do país. Na semana passada, ao manter a taxa básica de juros inalterada, membros do Banco Central Americano (FED) reforçaram a necessidade de dados favoráveis para considerar um corte de juros no futuro.

Ásia

As principais bolsas asiáticas encerraram o dia em baixa. A queda dos índices está relacionada aos dados econômicos da China, que ficaram abaixo das expectativas do mercado. A produção industrial de maio cresceu 5,6%, enquanto a previsão era de um aumento de 6% para o período. Além disso, neste fim de semana, o Banco Central da China anunciou que manterá suas taxas de juros de médio prazo inalteradas em 2,5%.

Europa

Bolsas europeias sem direção única. Os títulos do Tesouro com prazo de 10 anos registraram um aumento significativo. A recente situação de instabilidade política na França impulsionou o mercado a aumentar a demanda por ativos considerados de baixo risco. O membro do Banco Central Europeu (BCE), Boris Vujcic, afirmou que as projeções de inflação precisam apresentar uma melhora significativa para que a possibilidade de um segundo corte em setembro seja considerada.

Panorama do mercado

Fonte: Bloomberg РElabora̤̣o: Finclass

(Por Ana Flavia Farias)

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.