Home Comprar ou Vender Ação da Prio ganha momento com influência política na Petrobras

Ação da Prio ganha momento com influência política na Petrobras

A Prio apontou na sexta-feira ter alcançado um lucro de US$ 324,21 milhões no quarto trimestre de 2023, alta de 71% na comparação anual

por Gustavo Kahil
0 comentário

As ações da Prio (PRIO3) podem ganhar um momento positivo com a maior percepção de risco político sobre a Petrobras (PETR3; PETR4), avaliam analistas.

Os papeis da estatal caíram quase 10% na última sexta-feira (8) após o anúncio abaixo do esperado na distribuição de dividendos e rumores de influência do presidente Lula.

“Não ficaríamos surpresos se o recente aumento na percepção de risco da Petrobras proporcionasse um momento positivo adicional para a Prio, dada a sua reduzida exposição política”, explicam os analistas Pedro Soares, Thiago Duarte e Bruno Lima, do BTG Pactual.

Eles colocam a empresa como a “top pick” do setor, posição que a Petrobras foi demovida.

“Continuamos vendo a tese de Prio como a única empresa júnior de Exploração & Produção em nossa cobertura, negociando com um yield de fluxo de caixa muito atrativo já em 2024 (13%) com base em estimativas conservadoras de produção e preço do petróleo (US$ 75 por barril)”, apontam.

Resultados e reservas

A Prio apontou na última sexta-feira ter alcançado um lucro líquido de US$ 324,21 milhões no quarto trimestre de 2023, alta de 71% na comparação anual. O Ebitda somou US$ 509,33 milhões, avanço de 202% em relação ao mesmo período de 2022.

“A Prio apresentou resultados mais fracos, porém esperados, ligeiramente abaixo das nossas estimativas”, analisam Vladimir Pinto, Helena Kelm, da XP Investimentos. Eles também colocam a empresa como a “top pick” do setor.

Além disso, a empresa revelou um relatório atualizado das suas reservas de petróleo. As classificadas como 1P passado, (90% de chance de serem extraídas) totalizaram 537,1 milhões de barris em janeiro de 2024, acima das reservas do ano passado, subtraindo-se a produção do ano.

“Tivemos dados mistos no resultado e certificado de reserva. Do lado positivo, houve queda no lifting cost, melhora de eficiência em Albacora Leste. Além disso, as reservas 1P tiveram leve aumento pelo anúncio de novos 3 poços, mas compensando pela reclassificação de um poço como 1C (menos provável de ser extraído). O capex total teve queda por conta do que foi despendido no ano de 2023. Contudo, quando analisado o capex por poço e por barril, houve aumento”, avalia o analista Mateus Haag, da Guide Investimentos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.