Home Comprar ou Vender Ação da RD caiu demais para não ser notada; veja o que fazer

Ação da RD caiu demais para não ser notada; veja o que fazer

Os analistas acreditam que a recente queda de 15% nas ações da Raia Drogasil em 2024 já reflete a desaceleração da indústria farmacêutica brasileira

por Gustavo Kahil
0 comentário
RaiaDrogasil RD
(Imagem: Gustavo Kahil/ Dinheirama)

Em um relatório divulgado nesta quinta-feira (20), os estrategistas do Santander, Ricardo Peretti e Alice Corrêa, sugerem uma operação de compra (long) das ações da RD (RADL3) e venda (short) das ações da Hypera (HYPE3).

A projeção de ganho com esta operação é de aproximadamente 6,55%, enquanto o potencial de perda é de 6,47%.

Os analistas acreditam que a recente queda de 15% nas ações da Raia Drogasil em 2024 já reflete a desaceleração da indústria farmacêutica brasileira. Em comparação, o índice Ibovespa caiu 9% no mesmo período.

“A desvalorização de aproximadamente 10% de RADL3 nos últimos 30 dias nos parece abrir um bom ponto de entrada”, afirmam Peretti e Corrêa.

Em contrapartida, as ações da Hypera tiveram um desempenho menos negativo, com uma queda de 4,5%.

O relatório aponta que a desaceleração da indústria farmacêutica brasileira é evidente após anos de pandemia e novas adversidades na demanda por medicamentos.

RD: oportunidade atraente

Contudo, os analistas ressaltam que o envelhecimento da população e a contínua expansão das lojas da RD são catalisadores duráveis para a empresa.

“A consistência confiável em termos de vendas, Ebitda e lucros ao longo de uma década nos faz ver a underperformance das ações em 2024 como uma oportunidade atraente”, explicam.

Apesar de a Raia Drogasil negociar a um P/L estimado para 2024 de aproximadamente 34 vezes, os estrategistas do Santander acreditam que pagar pela qualidade continua sendo uma tática vencedora para investidores pacientes.

“O forte histórico de entrega de resultados e lucros crescendo 23% ao ano, em média, pelos próximos quatro anos, justificam nossa visão construtiva em RD”, destacam.

Hypera
(Imagem: Site/ Hypera)

Hypera: estimativas menores

Por outro lado, o relatório mostra uma perspectiva menos favorável para a Hypera. Os analistas esperam que o momento de lucros e o perfil de geração de caixa da empresa permaneçam fracos no curto prazo.

“Dados recentes mostram tendências pouco inspiradoras para medicamentos de ‘tosse, resfriado, febre e dor’, que representam aproximadamente 30% das receitas da Hypera”, observam Peretti e Corrêa.

Com base nesses fatores, os analistas reduziram as estimativas de receitas, EBITDA e lucro líquido da Hypera em 5%, em média, para o período de 2024 a 2027. Essa revisão resultou na redução do preço-alvo para 2024 de R$ 41,50 para R$ 33,50.

“Diante da falta de catalisadores para Hypera e um momento operacional pouco inspirador, vemos a ação como uma boa opção de funding para a compra de RD”, afirmam.

A operação recomendada tem um ponto de entrada de 0,8554 (preço de RADL3 dividido pelo preço de HYPE3), um stop gain de 0,9115, representando o potencial de ganho de 6,55%, e um stop loss de 0,8000, com potencial de perda de 6,47%. Vale ressaltar que os lucros e prejuízos mencionados no relatório não consideram custos de corretagem e emolumentos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.