Home Empresas Acionistas aprovam saída de Zamp do Novo Mercado sem OPA; ação desaba

Acionistas aprovam saída de Zamp do Novo Mercado sem OPA; ação desaba

A Zamp anunciou no final de novembro que recebeu pedido do Mubadala Capital para convocação de assembleia geral extraordinária para a saída da companhia do Novo Mercado da B3

por Reuters
0 comentário
Burger King

A Zamp, operadora de redes de fast food como Burger King no Brasil, anunciou na noite de quarta-feira que assembleia geral extraordinária aprovou a saída da companhia do segmento Novo Mercado da B3 sem realização de oferta pública de aquisição de ações (OPA), conforme pedido do Mubadala feito em novembro.

A companhia anunciou ainda que o presidente do conselho de administração, Marcos Grodetzky, apresentou pedido de renúncia.

A Zamp anunciou no final de novembro que recebeu pedido do Mubadala Capital para convocação de assembleia geral extraordinária para a saída da companhia do Novo Mercado da B3 e consequente migração para o segmento básico de listagem da bolsa brasileira. Na época o Mubadala Capital, por meio da MC Brasil, detinha 30,4% do capital da Zamp.

Na visão de analistas do Bradesco BBI, a saída do Novo Mercado e a renúncia de importantes conselheiros confirmam a força do Mubadala, um movimento dos acionistas que começou em agosto do ano passado. “Consequentemente, Zamp deverá fazer mudanças nas prioridades estratégicas nos próximos meses.”

Em relatório a clientes nesta quinta-feira, eles citaram que o grupo de controle anterior concentrou-se na redução de despesas e na aceleração da geração de fluxo de caixa, enquanto a estratégia do Mubadala parece consistir em retomar crescimento, tanto orgânico como inorgânico, segundo notícias.

“Por enquanto, mantemos nossa postura conservadora em relação ao nome, pois ainda existem incertezas em relação à estratégia de crescimento, às expectativas de geração de fluxo de caixa e à reestruturação da gestão”, afirmaram Felipe Cassimiro e equipe.

O Bradesco BBI tem recomendação “neutra” para as ações, com preço-alvo de 6 reais.

Na bolsa paulista, as ações da Zamp desabavam 10,69%, a 5,18 reais, tendo chegado a 5,08 reais na mínima até o momento, entre os piores desempenho do índice Small Caps, que perdia 1,84%.

A empresa também afirmou nesta quinta-feira que o conselho de administração aprovou antecipação de período de carência de ações entregues em planos de concessão de papeis e que isso resultará em um impacto de cerca de 46,2 milhões de reais, incluindo encargos devidos pela Zamp.

Na AGE realizada na quarta-feira, os acionistas da Zamp rejeitaram por maioria de votos inclusão de cláusulas que tornam mais custosa eventual aquisição da companhia, como a que previa realização de OPA caso qualquer investidor adquira fatia de pelo menos 33% das ações da empresa. A proposta que previa limitação de voto em votações para alteração de cláusulas de governança e direitos de acionistas também foi rejeitada.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.