Home Mercados Ações em Hong Kong sobem 1,18%; Alibaba registra ganhos

Ações em Hong Kong sobem 1,18%; Alibaba registra ganhos

As ações do Alibaba Group ganharam 2,5% depois que a gigante do comércio eletrônico informou que recomprou ações no valor de 5,8 bilhões

por Reuters
3 min leitura

As ações da China caíram nesta quarta-feira uma vez que dados mostraram que o crescimento da atividade de serviços do país atingiu o nível mais baixo em oito meses em junho, enquanto as empresas de tecnologia lideraram a alta das ações de Hong Kong.

A atividade de serviços da China expandiu no ritmo mais lento em oito meses e a confiança atingiu o nível mais baixo em quatro anos em junho, pressionada pelo crescimento mais lento de novos pedidos, mostrou uma pesquisa do setor privado nesta quarta-feira.

Enquanto isso, as ações de Hong Kong se saíram melhor, com o índice de tecnologia saltando 2,5%.

As ações do Alibaba Group ganharam 2,5% depois que a gigante do comércio eletrônico informou que recomprou ações no valor de 5,8 bilhões de dólares no segundo trimestre, sua maior recompra de ações em um único trimestre de todos os tempos. A Tencent também subiu 2,8% devido aos esforços de recompra de ações.

No fechamento, o índice de Xangai caiu 0,49%, enquanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,24%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, avançou 1,18%.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 1,26%, a 40.580 pontos.

Em Hong kong, o índice HANG SENG subiu 1,18%, a 17.978 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,49%, a 2.982 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,24%, a 3.463 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 0,47%, a 2.794 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 1,28%, a 23.172 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,41%, a 3.415 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,28%, a 7.739 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.