Home Mercados Ações da China caem pela 5ª sessão consecutiva

Ações da China caem pela 5ª sessão consecutiva

O índice Hang Seng, de Hong Kong, perdeu 1,55%

por Reuters
3 min leitura
Abertura
(Imagem: freepik)

As ações da China e de Hong Kong fecharam em baixa nesta segunda-feira, com um índice referencial registrando sua quinta sessão consecutiva de perdas, uma vez que os investidores esperam por mais medidas estímulo nas próximas reuniões do governo em meio a uma recuperação econômica fraca, aumento das tensões geopolíticas e saídas de capital estrangeiro.

No fechamento, o índice de Xangai caiu 0,93%, registrando o menor fechamento desde 19 de fevereiro. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,85%, marcando a quinta sessão consecutiva de perdas, com o setor imobiliário em queda de 2,74%.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, perdeu 1,55%.

** Os investidores estão aguardando o Terceiro Plenário neste mês, que se concentrará em políticas para aprofundar ainda mais as reformas e promover a modernização da China.

Nesta segunda-feira, o banco central da China disse que começará a realizar acordos temporários de recompra de títulos ou acordos de recompra reversa para tornar as operações de mercado aberto mais eficientes e manter a ampla liquidez do sistema bancário.

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,32%, a 40.780 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG caiu 1,55%, a 17.524 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,93%, a 2.922 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,85%, a 3.401 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,16%, a 2.857 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 1,37%, a 23.878 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,19%, a 3.404 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,76%, a 7.763 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.