Home Mercados Ações da China e de Hong Kong sobem de olho no setor imobiliário

Ações da China e de Hong Kong sobem de olho no setor imobiliário

por Reuters
0 comentário

As ações da China avançaram nesta terça-feira, com os investidores aguardando o anúncio em um fórum de alto nível em Xangai de mais medidas favoráveis ao mercado.

A Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China revelará medidas relacionadas ao mercado de capitais no Fórum Lujiazui neste sábado, disse o órgão durante uma coletiva de imprensa nesta terça-feira, aumentando as expectativas de novas medidas de apoio.

As ações do setor imobiliário lideraram os ganhos, com o Índice Imobiliário do CSI300 e as incorporadoras imobiliárias do continente listadas em Hong Kong avançando 2,5% e 2,6%, respectivamente.

Analistas do Citi disseram que esperam que o setor imobiliário “volte a se valorizar”, já que as medidas recentes refletem uma “determinação mais clara do alto escalão para estabilizar o setor imobiliário com uma reviravolta completa e para acelerar o pouso suave do setor”.

No fechamento, o índice de Xangai teve ganho de 0,41%, enquanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,75%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve alta de 0,22%.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,22%, a 38.837 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,22%, a 18.444 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,41%, a 3.091 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,75%, a 3.615 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,76%, a 2.662 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,84%, a 21.356 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,30%, a 3.338 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,31%, a 7.737 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.