Home Mercados Ações da China fecham em alta pela 3ª semana

Ações da China fecham em alta pela 3ª semana

Na semana, o CSI300 subiu 1,4%, mas o Hang Seng caiu 0,8%

por Reuters
0 comentário

As ações da China registraram o terceiro ganho semanal consecutivo nesta sexta-feira em meio a medidas de apoio ao mercado, enquanto investidores aguardavam mais estímulos de uma reunião política em Pequim na próxima semana.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 0,62%, enquanto o índice de Xangai subiu 0,39%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve ganho de 0,47%.

Na semana, o CSI300 subiu 1,4%, mas o Hang Seng caiu 0,8%.

O sentimento no mercado de ações da China melhorou depois que o órgão de fiscalização de valores mobiliários adotou uma série de medidas para reavivar a confiança, incluindo novas restrições às vendas a descoberto e uma repressão aos comportamentos inadequados nas negociações.

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

“Também acreditamos que as fortes saídas de fundos globais que vimos ao longo dos últimos trimestres já foram, em grande parte, concluídas”, disse o Morgan Stanley em nota.

Mas, ressaltando a necessidade de mais estímulos, a atividade industrial da China em fevereiro contraiu pelo quinto mês consecutivo.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 1,90%, a 39.910 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 0,47%, a 16.589 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,39%, a 3.027 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,62%, a 3.537 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI permaneceu fechado.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou baixa de 0,16%, a 18.935 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,19%, a 3.135 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,61%, a 7.745 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.