Home Mercados Ações da China fecham em baixa após tarifas dos EUA

Ações da China fecham em baixa após tarifas dos EUA

"Estamos mais preocupados com a possibilidade de a China enfrentar medidas restritivas de comércio semelhantes de outras regiões"

por Reuters
0 comentário

As ações da China fecharam em baixa nesta quarta-feira, pressionadas pela decisão do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de impor novas tarifas sobre produtos chineses.

Biden apresentou na terça-feira aumentos acentuados de tarifas sobre uma série de importações chinesas, incluindo baterias de veículos elétricos, chips de computador e produtos médicos, arriscando um impasse com Pequim em ano eleitoral.

As tarifas são consideradas como um novo sinal de escalada nas relações sino-americanas, que há muito tempo são um dos principais fatores que influenciam os mercados financeiros chineses.

“Estamos mais preocupados com a possibilidade de a China enfrentar medidas restritivas de comércio semelhantes de outras regiões”, disseram analistas da Nomura em uma nota.

“A UE e o Reino Unido respondem por cerca de 40% das exportações de veículos elétricos da China em 2023, e o setor de veículos elétricos pode enfrentar uma pressão maior se a Europa seguir os EUA e adotar tarifas altas punitivas aos veículos elétricos chineses.”

No fechamento, o índice de Xangai teve queda de 0,82%, enquanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, perdeu 0,85%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,22%.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,08%, a 38.385 pontos.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,22%, a 19.073 pontos.

Em Xangai, o índice Ssec perdeu 0,82%, a 3.119 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,85%, a 3.626 pontos.

Em Seul, o índice Kospi permaneceu fechado.

Em Taiwan, o índice TAaiex registrou alta de 0,77%, a 21.147 pontos.

Em Cingapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 0,72%, a 3.289 pontos.

Em Sydney o índice S&P/ASX 200 avançou 0,35%, a 7.753 pontos.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.