Home Mercados Ações da China ficam estáveis por preocupações com o comércio dos EUA; Hong Kong sobe

Ações da China ficam estáveis por preocupações com o comércio dos EUA; Hong Kong sobe

Na semana, o CSI300 subiu 1,7%, quarta semana de ganhos, e o Hang Seng teve alta de 2,6%

por Reuters
0 comentário
Ações da China
(Imagem: REUTERS/Aly Song/File Photo)

 As ações chinesas fecharam estáveis nesta sexta-feira, com o sentimento dos investidores abalado por uma lista ampliada de restrições comerciais emitida pelos Estados Unidos e possíveis novas tarifas para a China, enquanto o mercado de Hong Kong acompanhou a alta na região.

O governo Biden adicionou 37 entidades chinesas a uma lista de restrições comerciais na quinta-feira, incluindo algumas por supostamente apoiarem o balão espião que sobrevoou os Estados Unidos no ano passado, aumentando as tensões entre Pequim e Washington.

O presidente dos EUA, Joe Biden, também deve anunciar novas tarifas para a China já na próxima semana visando setores estratégicos, e deve manter em grande parte as taxas existentes, disse uma fonte à Reuters.

Joe Biden
(Imagem: (Official White House Photo by Adam Schultz))

A Bloomberg News informou na quinta-feira que a China está considerando uma proposta para isentar os investidores individuais do pagamento de impostos sobre dividendos de ações de Hong Kong compradas via Stock Connect, elevando as ações de Hong Kong.

As ações do setor imobiliário lideraram os ganhos nesta sexta-feira depois que Hangzhou e Xian, duas capitais provinciais chinesas, suspenderam todas as restrições à compra de casas na quinta para atrair compradores e sustentar seus mercados imobiliários, aumentando a perspectiva de que outras megacidades sigam o exemplo.

No fechamento, o índice de Xangai teve variação positiva de 0,01%, enquanto o índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,05%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve alta de 2,3%.

Na semana, o CSI300 subiu 1,7%, quarta semana de ganhos, e o Hang Seng teve alta de 2,6%.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,41%, a 38.229 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG subiu 2,30%, a 18.963 pontos.

Em Xangai, o índice SSEC ganhou 0,01%, a 3.154 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,05%, a 3.666 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 0,57%, a 2.727 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,72%, a 20.708 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,76%, a 3.290 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,35%, a 7.749 pontos.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.