Home Mercados Ações de semicondutores derrubam mercados da China

Ações de semicondutores derrubam mercados da China

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,68%, a 3.324 pontos

por Reuters
0 comentário

As ações da China terminaram em baixa nesta terça-feira, pressionadas pelos papéis de semicondutores, enquanto o setor de jogos se estabilizou depois que uma série de empresas anunciou planos de recompra de ações.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,68%, enquanto o índice de Xangai caiu também 0,68%.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, permaneceu fechado devido a feriado.

As ações de semicondutores e de tecnologia da informação lideraram o declínio, com quedas de 2,4% e 2%, respectivamente.

Pelo menos oito empresas de jogos listadas na China, incluindo a Perfect World Co, anunciaram planos de recompra de ações no valor total de 780 milhões de iuanes (109,17 milhões de dólares) para aumentar a confiança dos investidores e estabilizar os preços das ações em um setor abalado por novas medidas regulatórias.

Os preços das ações dessas empresas se estabilizaram, em sua maioria, na segunda-feira, após fortes quedas, com o Índice CSI Anime Comic Game ainda com queda de 1,1%.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,16%, a 33.305 pontos.

Em Hong Kong, o índice HANG SENG não abriu.

Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,68%, a 2.898 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,68%, a 3.324 pontos.

Em Seul, o índice KOSPI teve valorização de 0,12%, a 2.602 pontos.

Em Taiwan, o índice TAIEX registrou alta de 0,83%, a 17.751 pontos.

Em Cingapura, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,01%, a 3.139 pontos.

Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 permaneceu fechado.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.