Home Mercados Ações europeias sobem de olho em corte de juros pelo Fed

Ações europeias sobem de olho em corte de juros pelo Fed

O setor de mineração foi o que mais avançou, com alta de 2,2%, depois que os preços do cobre subiram com um dólar mais fraco

por Reuters
3 min leitura
Ações europeias
(Imagem: Facebook/Bolsa de Frankfurt)

As ações europeias subiram nesta quarta-feira, com investidores avaliando comentários do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, e novos dados econômicos dos Estados Unidos que firmaram expectativas de corte nos juros, enquanto também aguardam o segundo turno da votação na França e as eleições nacionais no Reino Unido.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,74%, a 514,67 pontos, subindo pela segunda sessão das últimas sete.

Wall Street subiu nesta quarta-feira depois que dados do mercado de trabalho e da atividade empresarial dos Estados Unidos apontaram para um abrandamento das condições econômicas, consolidando as expectativa de um corte na taxa básica em setembro.

Os dados seguem comentários de Powell na terça-feira de que números recentes representam um “progresso significativo” na inflação.

Jerome Powell
(Imagem: REUTERS/Evelyn Hockstein/File Photo)

As ações de tecnologia avançaram 1,6%, sustentadas pelos fabricantes holandeses de equipamentos de semicondutores ASML Holding e BE Semiconductor Industries, que saltaram 2% e 7,3%, respectivamente.

O setor de mineração foi o que mais avançou, com alta de 2,2%, depois que os preços do cobre subiram com um dólar mais fraco, em meio a expectativas renovadas de cortes na taxa de juros dos EUA e sinais de uma demanda mais firme por parte da China, principal consumidor do metal.

As ações francesas subiram, uma vez que os oponentes do Reunião Nacional (RN) da França intensificavam sua tentativa de impedir o partido de extrema direita de chegar ao poder, com mais candidatos concordando em sair do segundo turno das eleições deste fim de semana para evitar a divisão do voto contrário ao RN.

Em Londres, o índice Financial Times avançou 0,61%, a 8.171,12 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 1,16%, a 18.374,53 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 1,24%, a 7.632,08 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,09%, a 33.844,95 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,32%, a 11.056,80 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 1,14%, a 6.664,88 pontos.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.