Ações – Ganhe na baixa com a compra de opções de vendaContinuo com a sério de artigos que se propõe a delinear as estratégias disponíveis para o investidor que deseja também aproveitar os momentos de baixa do mercado de ações[bb] e/ou incrementar seu conhecimento a este respeito. O assunto de hoje é o uso das opções de venda, que funcionam de maneira similar às opções de compra, exceto que o direito negociado é o de vender ações ao invés de comprá-las.

Definição de opção de venda
O titular (comprador da opção) tem o direito de vender ao lançador (vendedor da opção), exigindo que este lhe compre a quantidade de determinada ação ao preço previamente estipulado quando da negociação do contrato de opção. Se quiser entender a diferença para as opções de compra, sugiro a leitura de meu artigo anterior, “Ações – Ganhe na baixa usando travas com opções de compra”.

Compra de opções de venda
Para a realização dessa estratégia, o investidor adquire opções de venda, pagando por elas uma quantia em dinheiro (o prêmio) na abertura da operação. Em decorrência disso, ele passa a ser titular das opções de venda tendo, portanto, o direito de vender as ações pelo preço de exercício – se isso for interessante para o investidor.

O comprador de opções de compra adquire o direito de comprar a mesma quantidade de ações. Em comparação, uma opção de venda (put) dá ao comprador o direito de vender a mesma quantidade de ações. O prêmio pago para adquirir uma put dá ao comprador este direito. Você não está obrigado a vender as ações relativas às opções. Esta é uma decisão sua. É um direito, não uma obrigação. O vendedor, entretanto, estará obrigado a comprar as ações se você decidir exercer a opção.

A estratégia possível para aqueles que acreditam que o preço da ação vai cair é comprar opções de venda (buying puts). Se o preço da ação cai, mas não o suficiente para superar o theta (valor do tempo), você sairá no zero a zero ou com perdas limitadas. Se o preço da ação subir e a opção espirar sem valor (“micar”, “virar pó”), mesmo assim seu risco está limitado ao que você pagou de prêmio pela opção.

Diferente da venda da ação ou de opções[bb] de compra, a compra de opções de venda é uma operação com riscos limitados. A grande vantagem de comprar opções de venda é que você pode se beneficiar das quedas do mercado (que andam muito freqüentes por sinal) sem ter que assumir os riscos de vender opções de compra ou ações.

Para que você ganhe comprando opções de venda é necessário que a ação tenha uma perda de valor grande e rápida o suficiente para suplantar o valor do tempo, que fará com que a opção perda valor. Lembre-se que você está comprando opções de venda e elas passam a valer mais se o preço da ação cai. Se a ação permanece estável ou perde pouco valor, a opção de venda tende a perder valor com o passar do tempo.

A compra de opções, sejam opções de compra ou de venda, só deve ser feita por quem conhece perfeitamente os riscos e acompanha os preços da ação por algum tempo. Você tem que estar disposto a perder todo o valor que pagou pelo prêmio. Não pode haver dúvidas: comprar uma opção é um investimento[bb] de risco e só deve ser feito se você tem condições de assumir uma perda.

Crédito da foto para freedigitalphotos.net.

Leandro Martins
Aviso: Os textos assinados e publicados no Dinheirama.com não representam necessariamente a opinião editorial do Blog. Asseguramos a qualquer pessoa, empresa ou associação que se sentir atacada o direito de utilizar o mesmo espaço para sua defesa. Também ressaltamos que toda e qualquer informação ou análise contida neste blog não se constitui em solicitação ou oferta de seu autores para compra ou venda de quaisquer títulos ou ativos financeiros, para realização de operações nos mercados de valores mobiliários, ou para a aplicação em quaisquer outros instrumentos e produtos financeiros. Através das informações, dos materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog, os autores não estão prestando recomendações quanto à sua rentabilidade, liquidez, adequação ou risco. As informações, os materiais técnicos e demais conteúdos existentes neste blog têm propósito exclusivamente informativo, não consistindo em recomendações financeiras, legais, fiscais, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Comentários