Home Mercados Ações sobem com queda nos yields de Treasuries após dados de empregos nos EUA mais fracos

Ações sobem com queda nos yields de Treasuries após dados de empregos nos EUA mais fracos

A maioria dos 11 principais setores do S&P 500 avançou, liderada pelo setor imobiliário, que é mais sensível aos juros

por Reuters
0 comentário

Os principais índices acionários de Wall Street subiram com força nesta sexta-feira, com os rendimentos dos títulos em queda acentuada, depois que dados mostraram sinais de desaceleração do crescimento do emprego nos Estados Unidos e uma alta no desemprego, aumentando as esperanças de que o Federal Reserve tenha encerrado sua campanha de incrementos da taxa de juros.

O relatório do Departamento do Trabalho dos EUA mostrou que as vagas de trabalho fora do setor agrícola aumentaram em 150.000 empregos em outubro, muito menos do que o avanço esperado de 180.000, em parte devido a greves nas três principais montadoras de Detroit.

Os dados do último mês foram revisados para baixo para mostrar uma alta de 297.000 em vez de 336.000. A taxa de desemprego subiu para 3,9%.

O Dow Jones (DJI) subiu 0,66%, para 34.061,32 pontos. O S&P 500 (SPX) ganhou 0,94%, para 4.358,34 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq (US100) avançou 1,38%, para 13.478,28 pontos.

(Imagem: Reprodução/REUTERS/Mike Segar)
(Imagem: Reprodução/REUTERS/Mike Segar)

Na semana, o S&P 500 ganhou 5,9%, sua maior alta desde novembro de 2022, e o Nasdaq subiu 6,6%, também seu maior avanço desde novembro de 2022. O Dow Jones apresentou um ganho semanal de 5,1%, o maior desde outubro de 2022.

Os dados de emprego também ajudaram a reduzir os rendimentos dos Treasuries pela quarta sessão consecutiva. Durante o pregão, o retorno do título de dez anos atingiu seu nível mais baixo em mais de cinco semanas.

O movimento nos rendimentos deu suporte às ações.

O Nasdaq ostentou seu sexto dia consecutivo no território positivo, enquanto o S&P 500 e o Dow Jones apresentaram suas quintas sessões consecutivas de ganhos.

A maioria dos 11 principais setores do S&P 500 avançou, liderada pelo setor imobiliário, que é mais sensível aos juros, que terminou com alta de 2,4%, depois de atingir seu maior valor desde setembro.

Dos 11 setores, apenas o de energia recuou, com uma baixa de mais de 1% no dia, devido à queda dos preços do petróleo.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.