Home Empresas Acordo de fusão entre Paramount e Skydance encerra era Redstone

Acordo de fusão entre Paramount e Skydance encerra era Redstone

A receita da Paramount em 2025 chegará a 32,6 bilhões de dólares e a receita de 2027 deverá aumentar em 2%, para 33,5 bilhões de dólares, de acordo com os slides

por Reuters
3 min leitura

A Skydance Media e a Paramount Global chegaram a um acordo de fusão, anunciaram as empresas no domingo, escrevendo um novo capítulo para um dos estúdios mais antigos de Hollywood.

As empresas concordaram com um processo de duas etapas no qual a Skydance e seus parceiros vão adquirir a National Amusements, que detém a participação de controle da família Redstone na Paramount, por 2,4 bilhões de dólares em dinheiro.

Posteriormente a Skydance se fundirá com a Paramount, oferecendo 4,5 bilhões de dólares em dinheiro ou ações aos acionistas e fornecendo um adicional de 1,5 bilhão de dólares pelo balanço patrimonial da Paramount.

Antes de uma apresentação para investidores nesta segunda-feira, a Paramount divulgou em slides que o acordo produzirá 2 bilhões de dólares em economias de taxa de execução, com metade disso entregue no primeiro ano. Os custos de reestruturação e integração chegarão a 1,6 bilhão de dólares, de acordo com os slides.

A receita da Paramount em 2025 chegará a 32,6 bilhões de dólares e a receita de 2027 deverá aumentar em 2%, para 33,5 bilhões de dólares, de acordo com os slides.

O acordo representa o fim de uma era para Shari Redstone, cujo pai e falecido patriarca, Sumner Redstone, transformou a cadeia de cinemas drive-in da família em um império de mídia que incluía a Paramount Pictures, a emissora CBS e as emissoras a cabo Comedy Central, Nickelodeon e MTV.

“Dadas as mudanças no setor, queremos fortalecer a Paramount para o futuro, garantindo que o conteúdo continue sendo o rei”, disse Redstone, presidente da Paramount e da National Amusements, em um comunicado, citando uma frase cunhada por seu pai.

A fusão combinará a Paramount, responsável por filmes clássicos como “Chinatown”, “O Poderoso Chefão” e “Bonequinha de Luxo”, com seu parceiro financeiro em vários filmes recentes importantes, incluindo “Top Gun: Maverick”, “Missão: Impossível — Acerto de Contas” e “Star Trek — Além da Escuridão”.

David Ellison, o empresário de tecnologia de 41 anos que fundou a Skydance, se tornará presidente do conselho e presidente-executivo da nova Paramount. Jeff Shell, ex-presidente-executivo da NBCUniversal, será seu novo presidente.

Ellison herdará uma empresa de mídia que tem uma série de desafios, enquanto navega em uma indústria de entretenimento impactada pela revolução do streaming de vídeo.

A Paramount perdeu quase 17 bilhões de dólares em valor desde o final de 2019, uma vez que seu negócio tradicional de televisão sofreu uma erosão mais rápida do que seu serviço de streaming Paramount+ poderia gerar lucro.

Ellison se comprometeu a trazer a “melhor tecnologia da categoria” e uma infraestrutura moderna para a Paramount+ e o serviço de streaming gratuito, Pluto TV, mesmo que tenha aprimorado as emissoras de televisão tradicionais da Paramount.

“Estamos comprometidos em energizar o negócio e reforçar a Paramount com tecnologia contemporânea, nova liderança e uma disciplina criativa que visa enriquecer as gerações futuras”, disse a Skydance em um comunicado preparado para o anúncio do acordo.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.