Home Agronegócio Açúcar bruto cai para menor nível em 18 meses

Açúcar bruto cai para menor nível em 18 meses

O contrato julho do açúcar bruto fechou em queda de 0,32 centavo, ou 1,7%, a 18,33 centavos de dólar por libra-peso

por Reuters
0 comentário

Os contratos futuros de açúcar bruto na ICE caíram para o menor patamar em 18 meses nesta quinta-feira, com a produção no centro-sul brasileiro ainda superando em muito o ritmo da temporada passada.

Açúcar

O contrato julho do açúcar bruto fechou em queda de 0,32 centavo, ou 1,7%, a 18,33 centavos de dólar por libra-peso, após atingir uma mínima em 18 meses de 17,95 centavos.

Os operadores disseram que o forte início da colheita no centro-sul do Brasil continua tendo uma influência baixista no mercado.

A União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) informou na quarta-feira que a produção de açúcar no centro-sul somou 1,84 milhão de toneladas na segunda quinzena de abril, um aumento de 84,25% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A associação observou, no entanto, que a alta refletiu parcialmente condições mais secas e que a extensão do aumento pode não ser sustentada no final da temporada.

O agosto do açúcar branco caiu 1,1%, para 536,20 dólares a tonelada.

A maior produtora de açúcar da Austrália, Wilmar Sugar, disse nesta quinta-feira que greves de seus funcionários atrasariam o início do processamento da cana.

Café

O julho do café robusta fechou em alta de 18 dólares, ou 0,5%, a 3.420 dólares a tonelada.

Os operadores disseram que as recentes chuvas no Vietnã, principal produtor de robusta, têm pesado sobre os preços, embora ainda existam algumas preocupações de que o antigo tempo seco possa ter impacto adverso nas colheitas.

“Vimos muito mais chuvas em maio em comparação com os meses anteriores, mas ainda temos que esperar para ver”, disse um trader baseado no cinturão cafeeiro do Vietnã.

O julho do café arábica caiu 0,8%, para 1,979 dólar por libra-peso.

Os negociantes disseram que o avanço dos estoques de arábica e robusta certificados pela ICE estava ajudando a manter os preços sob controle.

Uma corretora brasileira disse que os agricultores têm relutado em vender após a recente queda nos preços.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.