Home Economia e Política Aeroporto de Caruaru, em Pernambuco, recebe aporte de R$ 140 mi do governo

Aeroporto de Caruaru, em Pernambuco, recebe aporte de R$ 140 mi do governo

Esse aeroporto, sem dúvida alguma, vai levar ainda mais desenvolvimento para a Caruaru, para o agreste e todo o sertão

por Reuters
0 comentário

O Aeroporto Oscar Laranjeira, em Caruaru (PE), receberá cerca de 140 milhões de reais em investimentos do governo federal, por meio do Ministério de Portos e Aeroportos, para melhorias na infraestrutura, informou a Pasta na sexta-feira.

Entre as melhorias previstas está a construção de um novo terminal de passageiros, com extensão de 6.000 metros quadrados e capacidade para atender 1,1 milhão de pessoas por ano.

Segundo comunicado do ministério, também é esperado que, com o aporte, comecem a ser oferecidos voos comerciais de Caruaru para as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Assessores e consultores de investimentos ganham R$ 15.000/mês; saiba como seguir carreira

O anúncio foi feito durante cerimônia com o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho.

Ele afirmou que o objetivo é transformar o agreste do estado, que segundo o ministério é o segundo maior centro da indústria têxtil brasileira, em um grande polo logístico para importação e exportação de itens que são produzidos na região e no sertão, conforme nota.

“Esse aeroporto, sem dúvida alguma, vai levar ainda mais desenvolvimento para a Caruaru, para o agreste e todo o sertão desse imenso Estado que é Pernambuco”, disse o ministro.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.