Home Comprar ou Vender AES Brasil: rumores de venda devem guiar as ações a partir de agora, diz Genial

AES Brasil: rumores de venda devem guiar as ações a partir de agora, diz Genial

No quarto trimestre de 2023, a AES Brasil registrou uma receita líquida operacional de R$ 973 milhões

por André Torres
0 comentário
(Imagem: Reprodução/Facebook/AES Brasil)

A Genial Investimentos reitera sua recomendação de “manter” sobre a AES Brasil (AESB3), destacando números superiores às expectativas.

Além disso, os analistas citam os rumores de venda dos ativos brasileiros, que podem impactar as ações.

Grupos estrangeiros, como Auren (AURE3), Equatorial (EQTL3) e Engie (EGIE3), estão interessados na aquisição, possivelmente gerando um prêmio de controle.

O preço-alvo é de R$ 11,70. O potencial de valorização é de aproximadamente 11%.

“Com uma série de nomes interessantes interessados na aquisição, imaginamos que tal competição possa destravar um prêmio de controle caso de fato o desinvestimento vá de fato seguir adiante”, explica o analista Vitor Sousa.

Resultados

No quarto trimestre de 2023, a AES Brasil registrou uma receita líquida operacional de R$ 973 milhões, um aumento de 28% em comparação ao período homólogo.

Destaque para a entrada operacional de projetos e um cenário hidrológico favorável.

O Ebitda totalizou R$ 511 milhões, com um impacto positivo não-recorrente devido a indenizações por atrasos em projetos.

No entanto, o resultado financeiro foi negativo, fechando em R$ 192 milhões, principalmente devido ao aumento dos encargos da dívida, que alcançou R$ 9 bilhões ao final do ano, com uma alavancagem de 5,3x dívida líquida/ebitda.

O novo plano de investimentos reduzirá o fluxo de investimentos da empresa, o que pode contribuir para a redução da alavancagem no futuro.

Veja o resultado abaixo:

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Mail Dinheirama

Faça parte da nossa rede “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2023 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.