Home Economia e Política Alemanha se une à França para apoiar 2º mandato de Georgieva no comando do FMI

Alemanha se une à França para apoiar 2º mandato de Georgieva no comando do FMI

Georgieva, cujo mandato atual termina em 30 de setembro, disse que se sentiria honrada em cumprir um segundo mandato de cinco anos

por Reuters
0 comentário

A Alemanha apoiará um segundo mandato para a chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse o ministro das Finanças, Christian Lindner, juntando-se à França.

“Kristalina Georgieva conduziu o FMI em tempos difíceis nos últimos anos. Estou convencido de que ela é exatamente a pessoa certa para conduzir a instituição através dos desafios futuros e para fortalecer o FMI como defensor das reformas estruturais em nossas economias”, disse Lindner em um post no X.

No mês passado, o ministro das Finanças da França, Bruno Le Maire, disse que apoiaria Georgieva para um segundo mandato, elogiando-a pelo “excelente trabalho” que fez como diretora-gerente do FMI.

Na sexta-feira, Georgieva, cujo mandato atual termina em 30 de setembro, disse que se sentiria honrada em cumprir um segundo mandato de cinco anos à frente do credor global.

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.