Home Empresas Alphabet limitará consultas eleitorais que seu chatbot Bard e a IA podem responder

Alphabet limitará consultas eleitorais que seu chatbot Bard e a IA podem responder

As restrições devem ser aplicadas até o início de 2024, afirmou a empresa

por Reuters
0 comentário

O Google, da Alphabet (GOOGL; GOOG; GOOGL35; GOOGL34) disse nesta terça-feira que limitará os tipos de consultas relacionadas às eleições que seu chatbot Bard e sua ferramenta de busca com inteligência artificial generativa podem responder, em preparação para as eleições presidenciais norte-americanas em 2024.

As restrições devem ser aplicadas até o início de 2024, afirmou a empresa.

Além dos EUA, uma série de eleições importantes são esperadas em 2024, incluindo as eleições nacionais na Índia, a maior democracia do mundo, e na África do Sul, entre outras.

A gigante da tecnologia afirmou que irá “trabalhar com um foco crescente no papel que a inteligência artificial (IA) pode desempenhar” ao atender eleitores e campanhas relacionadas a essas eleições.

A Meta, proprietária do Facebook, também disse em novembro que proibirá campanhas políticas e anunciantes de outros setores regulamentados de usar seus novos produtos de publicidade com IA generativa.

Os anunciantes na Meta também terão que divulgar quando utilizaram IA ou outros métodos digitais para alterar ou criar anúncios políticos, sociais ou relacionados às eleições no Facebook e Instagram.

Por outro lado, a plataforma X, de Elon Musk, que está sendo investigada pela União Europeia, disse em agosto que agora permitirá a publicidade política nos EUA de candidatos e partidos políticos.

Todas as propagandas políticas haviam sido proibidas previamente a nivel mundial no X desde 2019.

Os governos em todo o mundo têm se mobilizado para regular a IA devido às ameaças que representa, como a propagação de desinformação.

Sobre Nós

O Dinheirama é o melhor portal de conteúdo para você que precisa aprender finanças, mas nunca teve facilidade com os números.  Saiba Mais

Assine a newsletter “O Melhor do Dinheirama”

Redes Sociais

© 2024 Dinheirama. Todos os direitos reservados.

O Dinheirama preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, ressaltando, no entanto, que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.

O portal www.dinheirama.com é de propriedade do Grupo Primo.